por 13:45 Sem categoria

ZÉ DIRCEU EM CURITIBA

O ex-ministro da Casa Civil Zé Dirceu (PT) esteve nesta sexta-feira (11) em Curitiba, abrindo o giro que fará pelo Brasil.

Sempre acompanhado do filho, o deputado federal Zeca Dirceu (PT), reencontrou o ex-senador Osmar Dias (PDT), almoçou com o governador Beto Richa (PSDB) e encerrou a agenda num encontro com o senador Roberto Requião (PMDB).

No diretório estadual do PT, Zé Dirceu falou com a imprensa e militantes sobre a conjuntura atual, a relação do PT com os partidos aliados no Congresso Nacional, sobre o julgamento da ação em que é acusado de ser o operador do "mensalão", projeto político e temas variados.

Sobre a ação no Supremo Tribunal Federal (STF), Dirceu negou que vai percorrer o Brasil para "provar" sua inocência, que isto é competência da Corte suprema.

"Quem vai me julgar são os 11 ministros (do STF), não os militantes do PT, como alguns segmentos da imprensa vem insistindo em noticiar", disparou.

O evento no PT, organizado pelo deputado estadual Elton Welter (PT) e Zeca Dirceu, contou com a participação de lideranças históricas do partido no Paraná.

O blog acompanhou o reencontro de Dirceu com a militância petista do Paraná e elenca abaixo os principais tópicos (as anotações não seguem a uma ordem cronológica em função do palestrante retomar ou adiantar a análise dos temas):

*

– Estamos passando por um momento especial nestes dias com os 31 de aniversário do PT;

– No ano passado conseguimos a terceira eleição consecutiva vencida pelo PT, este é um fato inédito numa democracia;

– Hoje o PT voltou a ter 15 senadores, tem a maior bancada da Câmara, elegeu mais deputados estaduais;

– A proposta do (presidente)  Lula é fundamental para o partido. O presidente (Lula voltou a ser o presidente de honra do partido) afirmou que o PT precisa iniciar a trabalhar já as eleições de 2012;

– A diferenças de Lula x Dilma (Rousseff) é bem simples. Lula recebeu o país quebrado e com o risco da inflação alta, já a Dilma recebeu o país com a economia equilibrada e a inflação controlada;

Leia a íntegra dos tópicos anotados pelo blog clicando AQUI

por 13:41 Sem categoria

ZÉ DIRCEU EM CURITIBA

O ex-ministro da Casa Civil Zé Dirceu (PT) esteve nesta sexta-feira (11) em Curitiba, abrindo o giro que fará pelo Brasil.

Sempre acompanhado do filho, o deputado federal Zeca Dirceu (PT), reencontrou o ex-senador Osmar Dias (PDT), almoçou com o governador Beto Richa (PSDB) e encerrou a agenda num encontro com o senador Roberto Requião (PMDB).

No diretório estadual do PT, Zé Dirceu falou com a imprensa e militantes sobre a conjuntura atual, a relação do PT com os partidos aliados no Congresso Nacional, sobre o julgamento da ação em que é acusado de ser o operador do "mensalão", projeto político e temas variados.

Sobre a ação no Supremo Tribunal Federal (STF), Dirceu negou que vai percorrer o Brasil para "provar" sua inocência.

"Quem vai me julgar são os 11 ministros (do STF), não os militantes do PT, como alguns segmentos da imprensa vem insistindo em noticiar", disparou.

O evento no PT, organizado pelo deputado estadual Elton Welter (PT) e Zeca Dirceu, contou com a participação de lideranças históricas do partido no Paraná.

O blog acompanhou o reencontro do PT com a militância petista do Paraná e elenca abaixo os principais tópicos (as anotações não seguem a uma ordem cronológica em função do palestrante retomar ou adiantar a análise dos temas):

*

– Estamos passando por um momento especial nestes dias com os 31 de aniversário do PT;

– No ano passado conseguimos a terceira eleição consecutiva vencida pelo PT, este é um fato inédito numa democracia;

– Hoje o PT voltou a ter 15 senadores, tem a maior bancada da Câmara, elegeu mais deputados estaduais;

– A proposta do (presidente)  Lula é fundamental para o partido. O presidente (Lula voltou a ser o presidente de honra do partido) afirmou que o PT precisa iniciar a trabalhar já as eleições de 2012;

– A diferenças de Lula x Dilma (Rousseff) é bem simples. Lula recebeu o país quebrado e com o risco da inflação alta, já a Dilma recebeu o país com a economia equilibrada e a inflação controlada;

– (Sobre a economia) A guerra cambial afeta exportações e facilita a importação – outros países desvalorizam as moedas para desequilibrar a balança internacional;

– Indústrias de móveis e de calçados do (região) Sul sofrem concorrência brutal;

– Dólar hoje é comprado por R$ 1,70 – moeda baixa é cruel para os produtores e as exportações;

– Preço das matérias primas estão subindo muito devido ao alto índice de produção de China e da Índia;

– Há (no Brasil) uma situação de tensão sobre a inflação e pressão externa do país;

– Apesar de Dilma anunciar alguns cortes de investimentos, as obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) não serão afetadas;

– Brasil terá um crescimento muito forte (de 2011 a 2014), vai repetir os índices de 4% 4,5% e novamente índice de empregos como os registrados nos anos do governo Lula;

– Mercado interno brasileiro é fundamental para evitar impactos na economia do país;

– Serão executadas obras importantes em aeroportos, como preparativos para a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016;

– Países da América do Sul estãos se integrando ao mercado brasileir, fortalecendo ainda mais a nossa economia;

– Meios de comunicação (via internet) estão facilitando a integração entre os povos, em breve será possível termos (uma América do Sul) como na Europa uma moeda única;

– Desemprego duas vezes maior entre os jovens, isto porque 50% não fazem curso médio e menos ainda cursos técnicos o que dificulta a colocação no mercado de trabalho;

– Quanto menos qualificação, menor salário. Quanto mais esforço físico, menor salário;

– Quem trabalha com inteligência tem salário maior porque o esforço e o custo de produção é menor;

– Fontes alternativas de energia, o Brasil tem o petróleo, a eólica e agora o biodíesel;

– Os institutos de tecnologia para formação profissional dos jovens são experiências que vão garantir novas perspectivas para os jovens;

– A presidenta Dilma disse ontem (quinta, 10) que vai investir pesado no atendimento aos jovens;

– É preciso investimentos pesados em saúde – o SUS (Sistema Único de Saúde) precisa ser fortalecido, porque os brasileiros não conseguem pagar planos particulares;

– A presidenta Dilma anunciou agora a criação de um sistema para garantir a distribuição de remédios para doenças crônicas como diabetes e aids;

– As escolas técnicas estão sendo criadas de acordo com a vocação econômica de cada região – (para) atender a vocação de cada localidade, como forma de fixar os brasileiros na sua região;

– Hoje, algumas regiões que estavam atrasadas, estão crescendo mais que os grandes centros;

– O ideal é a distribuição das populações que se concentram nos grandes centros – equiparar o porte das comunidades;

– Temos todas as condições de avançar nestes próximos quatro anos, como avançamos nos últimos oito anos de governo Lula;

– O Brasil hoje é reconhecido mundialmente, como exemplo, destaco as tropas que estão no Haiti, que comandam as tropas da ONU que estão lá (fato que levou o Brasil a ter o poder de negociar a paz entre países da América Latina);

– O Brasil tem uma grande dívida com a África e o presidente Lula vai se dedicar a reverter esta situação, promover a transferência de tecnologias para melhorar a qualidade de vida da população africana;

– Reservas brasileiras e riquezas naturais como o pré-sol, fazem com que os juros caiam no Brasil, porque mais e mais investidores internacionais querem aplicar aqui;

– O PT está governando o Brasil, por isto nas eleições passadas ajudamos a eleger e apoiamos candidatos de outros partidos para governos estaduais. Em algumas ganhamos e outros perdemos, como ocorreu aqui no Paraná com o Osmar Dias do PDT;

– O partido (PT) precisa ter fontes próprias e filiar mais militantes, hoje temos 1,5 milhão de filiados, mas isto é muito pouco se comparado ao grande número de militantes eleitos que temos;

– Falta maior participação política da população – nas primárias norte-americanas, 33 milhões votaram na escolha de Hilary Clinton e Barack Obama. No Brasil, se fosse o mesmo porcentual, 20 milhões votariam em nossas prévias;

– A militância do PT está se renovando, são vários filiados eleitos deputados. Entre os novos quadros, profissionais liberais e empresários de outros setores, não só operários como quase sempre ocorreu;

– O Brasil é um país que recebeu uma incrivel migração de moradores de várias partes do mundo, em especial da Europa, e todos vivemos em harmonia e esta é uma característica que é olhada com bastante atenção dos outros países;

– O Lula começa agora a fazer um museu para o memorial das lutas democráticas brasileiras – um centro de pesquisas completo do PT, da CUT e um pouco da história do Brasil, que agora ele faz parte;

– Vou continuar visitando o Brasil para discutir política, não a minha defesa do processo do mensalão, como tem dito alguns órgãos da imprensa. Quem vai me julgar são os 11 ministros do STF;

– Quero que sejam julgadas todas as ações, antes que expire o prazo, o que poderia configurar um favorecimento;

– A minha cassação foi uma das maiores violências já feitas, bastava ver o rosto dos deputados que me julgaram, não tiveram coragem de enfrentar a sociedade;

– Não era eu que estava sendo julgado, era o PT, era o governo Lula;

– Nestes últimos cinco anos não mudei nada, continuei na política. Tenho que andar pelo Brasil e buscar minha sustentação e declarar no Imposto de Renda, porque tudo em minha vida é investigado ao extremo;

por 13:41 Sem categoria

ZÉ DIRCEU EM CURITIBA

O ex-ministro da Casa Civil Zé Dirceu (PT) esteve nesta sexta-feira (11) em Curitiba, abrindo o giro que fará pelo Brasil.

Sempre acompanhado do filho, o deputado federal Zeca Dirceu (PT), reencontrou o ex-senador Osmar Dias (PDT), almoçou com o governador Beto Richa (PSDB) e encerrou a agenda num encontro com o senador Roberto Requião (PMDB).

No diretório estadual do PT, Zé Dirceu falou com a imprensa e militantes sobre a conjuntura atual, a relação do PT com os partidos aliados no Congresso Nacional, sobre o julgamento da ação em que é acusado de ser o operador do "mensalão", projeto político e temas variados.

Sobre a ação no Supremo Tribunal Federal (STF), Dirceu negou que vai percorrer o Brasil para "provar" sua inocência.

"Quem vai me julgar são os 11 ministros (do STF), não os militantes do PT, como alguns segmentos da imprensa vem insistindo em noticiar", disparou.

O evento no PT, organizado pelo deputado estadual Elton Welter (PT) e Zeca Dirceu, contou com a participação de lideranças históricas do partido no Paraná.

O blog acompanhou o reencontro do PT com a militância petista do Paraná e elenca abaixo os principais tópicos (as anotações não seguem a uma ordem cronológica em função do palestrante retomar ou adiantar a análise dos temas):

*

– Estamos passando por um momento especial nestes dias com os 31 de aniversário do PT;

– No ano passado conseguimos a terceira eleição consecutiva vencida pelo PT, este é um fato inédito numa democracia;

– Hoje o PT voltou a ter 15 senadores, tem a maior bancada da Câmara, elegeu mais deputados estaduais;

– A proposta do (presidente)  Lula é fundamental para o partido. O presidente (Lula voltou a ser o presidente de honra do partido) afirmou que o PT precisa iniciar a trabalhar já as eleições de 2012;

– A diferenças de Lula x Dilma (Rousseff) é bem simples. Lula recebeu o país quebrado e com o risco da inflação alta, já a Dilma recebeu o país com a economia equilibrada e a inflação controlada;

– (Sobre a economia) A guerra cambial afeta exportações e facilita a importação – outros países desvalorizam as moedas para desequilibrar a balança internacional;

– Indústrias de móveis e de calçados do (região) Sul sofrem concorrência brutal;

– Dólar hoje é comprado por R$ 1,70 – moeda baixa é cruel para os produtores e as exportações;

– Preço das matérias primas estão subindo muito devido ao alto índice de produção de China e da Índia;

– Há (no Brasil) uma situação de tensão sobre a inflação e pressão externa do país;

– Apesar de Dilma anunciar alguns cortes de investimentos, as obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) não serão afetadas;

– Brasil terá um crescimento muito forte (de 2011 a 2014), vai repetir os índices de 4% 4,5% e novamente índice de empregos como os registrados nos anos do governo Lula;

– Mercado interno brasileiro é fundamental para evitar impactos na economia do país;

– Serão executadas obras importantes em aeroportos, como preparativos para a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016;

– Países da América do Sul estãos se integrando ao mercado brasileir, fortalecendo ainda mais a nossa economia;

– Meios de comunicação (via internet) estão facilitando a integração entre os povos, em breve será possível termos (uma América do Sul) como na Europa uma moeda única;

– Desemprego duas vezes maior entre os jovens, isto porque 50% não fazem curso médio e menos ainda cursos técnicos o que dificulta a colocação no mercado de trabalho;

– Quanto menos qualificação, menor salário. Quanto mais esforço físico, menor salário;

– Quem trabalha com inteligência tem salário maior porque o esforço e o custo de produção é menor;

– Fontes alternativas de energia, o Brasil tem o petróleo, a eólica e agora o biodíesel;

– Os institutos de tecnologia para formação profissional dos jovens são experiências que vão garantir novas perspectivas para os jovens;

– A presidenta Dilma disse ontem (quinta, 10) que vai investir pesado no atendimento aos jovens;

– É preciso investimentos pesados em saúde – o SUS (Sistema Único de Saúde) precisa ser fortalecido, porque os brasileiros não conseguem pagar planos particulares;

– A presidenta Dilma anunciou agora a criação de um sistema para garantir a distribuição de remédios para doenças crônicas como diabetes e aids;

– As escolas técnicas estão sendo criadas de acordo com a vocação econômica de cada região – (para) atender a vocação de cada localidade, como forma de fixar os brasileiros na sua região;

– Hoje, algumas regiões que estavam atrasadas, estão crescendo mais que os grandes centros;

– O ideal é a distribuição das populações que se concentram nos grandes centros – equiparar o porte das comunidades;

– Temos todas as condições de avançar nestes próximos quatro anos, como avançamos nos últimos oito anos de governo Lula;

– O Brasil hoje é reconhecido mundialmente, como exemplo, destaco as tropas que estão no Haiti, que comandam as tropas da ONU que estão lá (fato que levou o Brasil a ter o poder de negociar a paz entre países da América Latina);

– O Brasil tem uma grande dívida com a África e o presidente Lula vai se dedicar a reverter esta situação, promover a transferência de tecnologias para melhorar a qualidade de vida da população africana;

– Reservas brasileiras e riquezas naturais como o pré-sol, fazem com que os juros caiam no Brasil, porque mais e mais investidores internacionais querem aplicar aqui;

– O PT está governando o Brasil, por isto nas eleições passadas ajudamos a eleger e apoiamos candidatos de outros partidos para governos estaduais. Em algumas ganhamos e outros perdemos, como ocorreu aqui no Paraná com o Osmar Dias do PDT;

– O partido (PT) precisa ter fontes próprias e filiar mais militantes, hoje temos 1,5 milhão de filiados, mas isto é muito pouco se comparado ao grande número de militantes eleitos que temos;

– Falta maior participação política da população – nas primárias norte-americanas, 33 milhões votaram na escolha de Hilary Clinton e Barack Obama. No Brasil, se fosse o mesmo porcentual, 20 milhões votariam em nossas prévias;

– A militância do PT está se renovando, são vários filiados eleitos deputados. Entre os novos quadros, profissionais liberais e empresários de outros setores, não só operários como quase sempre ocorreu;

– O Brasil é um país que recebeu uma incrivel migração de moradores de várias partes do mundo, em especial da Europa, e todos vivemos em harmonia e esta é uma característica que é olhada com bastante atenção dos outros países;

– O Lula começa agora a fazer um museu para o memorial das lutas democráticas brasileiras – um centro de pesquisas completo do PT, da CUT e um pouco da história do Brasil, que agora ele faz parte;

– Vou continuar visitando o Brasil para discutir política, não a minha defesa do processo do mensalão, como tem dito alguns órgãos da imprensa. Quem vai me julgar são os 11 ministros do STF;

– Quero que sejam julgadas todas as ações, antes que expire o prazo, o que poderia configurar um favorecimento;

– A minha cassação foi uma das maiores violências já feitas, bastava ver o rosto dos deputados que me julgaram, não tiveram coragem de enfrentar a sociedade;

– Não era eu que estava sendo julgado, era o PT, era o governo Lula;

– Nestes últimos cinco anos não mudei nada, continuei na política. Tenho que andar pelo Brasil e buscar minha sustentação e declarar no Imposto de Renda, porque tudo em minha vida é investigado ao extremo;

por 12:44 Sem categoria

ZÉ DIRCEU EM CURITIBA

Do blog www.blogladob.com.br e www.zecadirceu.com.br :

O ex-ministro-chefe da CasaCivil José Dirceu virá à Curitiba na próxima sexta-feira (11). Ele fará uma palestra de análise de conjuntura, aberta a militantes do Partido dos Trabalhadores (PT) e demais interessados. Será às 15h30 na sede do Diretório Estadual do PT no Paraná (Alameda Princesa Izabel, 160 – Bairro: São Francisco). Maiores informações: (41) 2103-1313.

por 09:25 Sem categoria

ZÉ DIRCEU EM CURITIBA

O ex-ministro-chefe da Casa Civil da Presidência da República, José Dirceu, esteve ontem em Curitiba para uma reunião com militantes e simpatizantes do PT. Zé Dirceu atendeu convite do diretório estadual do partido e falou sobre conjuntura política brasileira e mundial e as perspectivas político-eleitorais nas eleições de outubro próximo.

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com