por 16:49 Sem categoria

Paraná participa do fórum nacional contra o pedágio

“A forma com sempre trataram a majoração das tarifas do pedágio é revoltante. Nós vamos continuar atentos e ampliar a mobilização no país inteiro contra esses abusos”. A afirmação é do coordenador do Fórum Popular Contra o Pedágio, Acir Mezzadri, que participa nos próximos dias 8 e 9 de dezembro do 2º Fórum Nacional Contra o Pedágio, que será realizado em Caxias do Sul (RS). Leia matéria completa em Reportagens.

por 16:47 Sem categoria

Paraná participa do fórum nacional contra o pedágio

Paraná participa do fórum nacional contra o pedágio

Fórum Nacional será realizado nos dias 8 e 9 de dezembro em Caxias do Sul (RS)

“A forma com sempre trataram a majoração das tarifas do pedágio é revoltante. Nós vamos continuar atentos e ampliar a mobilização no país inteiro contra esses abusos”. A afirmação é do coordenador do Fórum Popular Contra o Pedágio, Acir Mezzadri, que participa nos próximos dias 8 e 9 de dezembro do 2º Fórum Nacional Contra o Pedágio, que será realizado em Caxias do Sul (RS).

 Mezzadri lidera uma comitiva de paranaenses e diz que a indignação contra os aumentos abusivos é de toda a sociedade que não admite mais arcar com os valores cobrados pelas concessionárias. “Os aumentos concedidos sistematicamente em favor das concessionárias estão fora de sintonia com inflação e a situação econômica vivida no país”, argumentou.

As concessionárias geralmente, e em especial no caso do Paraná, se baseiam no privilégio de um contrato espúrio que legitima a extorsão sobre a população paranaense. “Tratam da questão da tarifa com um apetite desmedido em que a ganância do lucro se sobrepõe aos interesses econômicos e reais do estado e do país”.

Os membros do Fórum Popular Contra o Pedágio sempre repudiaram e questionaram as decisões da justiça favoráveis aos aumentos. Mezzadri completa que ao final os custos dos aumentos são repassados ao consumidor. “Ou seja, usando ou não as estradas pedagiadas, a população vai pagar esse ônus”.

Por outro lado, o coordenador diz que nem tudo está perdido. A sociedade vem se organizando através do Fórum Popular Contra o Pedágio para exigir seus direitos e fazer justiça. “Algumas decisões da Justiça, como as que acorreram no ano passado, servem de alento para que esse modelo seja revisto e revigora a posição dos usuários e das entidades que compõe o fórum de que o trabalho de conscientização não pode parar, assim como a pressão sobre os poderes constituídos, visando uma solução o mais rápido possível”.

As entidades que compõe o fórum acreditam que os impostos do Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico) e das demais taxas cobradas dos usuários são suficientes para manter as rodovias do país. “O que temos que destacar também que todas as rodovias federais, no Paraná e no país afora, foram construídas com os impostos da população brasileira, portanto, sem qualquer investimento das atuais concessionárias”.

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com