por 11:26 Sem categoria

DOÁTICO SANTOS VAI DENUNCIAR AOS DEPUTADOS ‘PERSEGUIÇÃO E CERCEAMENTO DA LIBERDADE DE EXPRESSÃO’

O presidente do PMDB de Curitiba, Doático Santos, vai denunciar na próxima semana – na Comissão de Direitos Humanos da Câmara de Deputados, em Brasília – o que classifica de “cerceamento da liberdade de expressão” e “perseguição política” promovidos por grupos econômicos e políticos que tiveram seus interesses contrariados no Paraná.

“Respondo um sem número de processos motivados pelas opiniões que expresso e pelas denúncias que faço. O interessante é que as denúncias estão sendo apuradas, comprovadas, e ações continuam. Elas já levaram ao bloqueio das minhas contas e a uma sistemática perseguição por parte de grupos econômicos e políticos envolvidos numa ciranda de corrupção”, disse Doático Santos.

LEIA MAIS

por 11:25 Sem categoria

Doático Santos vai denunciar aos Deputados ‘perseguição e cerceamento da liberdade de expressão’

Doático Santos vai denunciar na Câmara de Deputados “perseguição e cerceamento da liberdade de expressão”

 O presidente do PMDB de Curitiba, Doático Santos, vai denunciar na próxima semana – na Comissão de Direitos Humanos da Câmara de Deputados, em Brasília – o que classifica de “cerceamento da liberdade de expressão” e “perseguição política” promovidos por grupos econômicos e políticos que tiveram seus interesses contrariados no Paraná.

“Respondo um sem número de processos motivados pelas opiniões que expresso e pelas denúncias que faço. O interessante é que as denúncias estão sendo apuradas, comprovadas, e ações continuam. Elas já levaram ao bloqueio das minhas contas e a uma sistemática perseguição por parte de grupos econômicos e políticos envolvidos numa ciranda de corrupção”, disse Doático Santos.

MESMO HORÁRIO – O peemedebista lembrou, por exemplo, que nesta quarta-feira (23) teve duas audiências marcadas para o mesmo horário – às 14h. Uma na 1ª Vara da Fazenda Pública em ação movida pelo prefeito de Curitiba, Beto Richa (PSDB). O prefeito não compareceu e audiência foi marcada para o dia 7 de abril de 2010.

Outra audiência, no mesmo horário, estava marcada no 3º Juizado Especial Criminal de Curitiba. A ação foi movida pelo cinegrafista Rogério José Fraiz Faço – que trabalhou na campanha do prefeito – e que foi flagrado filmando os eventos do PMDB durante a campanha eleitoral de 2006.

POLÍCIA FEDERAL – Na próxima terça-feira (29), às 9h, Doático Santos terá que comparecer na Polícia Federal para responder sobre um pedido de investigação movido pelo Ministério Público Federal, a pedido do juiz Edgar Lippman Júnior. “O interessante é que o Conselho Nacional de Justiça afastou esse juiz porque ele é acusado de ter recebido dinheiro dos donos de bingos no Paraná. E a minha denúncia é justamente essa: a suspeita do juiz de receber dinheiro ilícito da jogatina”.

Doático terá voltar aos juizados especial para responder por mais dois processos movidos por Euclides Scaldo e José Pepe Richa Filho. “São denúncias e opiniões que externo à opinião pública. Me sinto na obrigação de fazê-los. Até porque se não fizer isso, estou traindo a minha consciência e ao povo do Paraná que tem no PMDB o respaldo do partido que não tergiversa em denunciar a corrupção que assolou o Paraná entre 1994 e 2002”, disse Doático.

O bloqueio de contas, segundo Doático, foi determinado em ação do ex-governador Jaime Lerner. “Todas essas ações se configuram, no meu entender, em cerceamento da liberdade de expressão e de manifestação, além de perseguição política. Vou reunir tudo isso num dossiê e denunciar na Comissão de Direitos Humanos na Câmara dos Deputados. Na próxima semana vou convocar uma coletiva para esclarecer esses fatos para imprensa. Me sinto um perseguido político”, disse.

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com