por 13:28 Sem categoria

COSTA OESTE ESPERA 700 MIL NA TEMPORADA

De O Paraná:

Com os lagos de Itaipu e do rio Iguaçu, formados para suprir a demanda das usinas hidrelétricas de Itaipu e Salto Caxias, nas regiões de Foz do Iguaçu e Boa Vista da Aparecida, surgiu também outra atividade promissora responsável pela geração de vários empregos e oportunidades no Oeste do Paraná.

O turismo nos municípios margeados por esses lagos trouxe uma série de benefícios e proporcionou uma movimentação financeira considerável, principalmente nas temporadas de verão. Para o mês de dezembro deste ano a fevereiro de 2010, levantamento feito por O Paraná junto às cidades turísticas estima a circulação de pelo menos 700 mil visitantes. O estudo é baseado em dez semanas de bastante movimento nas praias da Costa Oeste e das cidades margeadas pelo rio Iguaçu.

LEIA MAIS

por 13:24 Sem categoria

COSTA OESTE ESPERA 700 MIL NA TEMPORADA

COSTA OESTE ESPERA 700 MIL NA TEMPORADA

De O Paraná:

Com os lagos de Itaipu e do rio Iguaçu, formados para suprir a demanda das usinas hidrelétricas de Itaipu e Salto Caxias, nas regiões de Foz do Iguaçu e Boa Vista da Aparecida, surgiu também outra atividade promissora responsável pela geração de vários empregos e oportunidades no Oeste do Paraná.

O turismo nos municípios margeados por esses lagos trouxe uma série de benefícios e proporcionou uma movimentação financeira considerável, principalmente nas temporadas de verão. Para o mês de dezembro deste ano a fevereiro de 2010, levantamento feito por O Paraná junto às cidades turísticas estima a circulação de pelo menos 700 mil visitantes. O estudo é baseado em dez semanas de bastante movimento nas praias da Costa Oeste e das cidades margeadas pelo rio Iguaçu.

Mantendo a tradição anual, o balneário recebeu uma série de melhorias. Investimentos envolveram a infraestrutura e um arrojado projeto paisagístico, com plantio de grama e de espécies ornamentais. A mudança significativa é observada na entrada do complexo turístico com a implantação de dois lagos na Avenida Rio Grande do Sul, aproveitando as nascentes. Para marcar a inauguração, autoridades ambientais realizaram a soltura de 2,5 mil alevinos nativos da Bacia Hidrográfica do Paraná 3.

Atividades esportivas e recreativas vão ser coordenadas pelo Departamento de Cultura e Esporte. A estimativa de público durante a temporada em Santa Helena é de 150 mil pessoas.

BARRA BONITA
A praia artificial de Barra Bonita, em Três Barras do Paraná, aguarda 15 mil pessoas durante a temporada e na praia artificial de Entre Rios, são esperadas 30 mil pessoas. E em Guaíra são esperadas 20 mil pessoas durante toda a temporada.

Boa Vista e Vila Natal são revitalizadas

A melhoria da infraestrutura da praia artificial banhada pelo rio Iguaçu também é realidade em Boa Vista da Aparecida. O chefe do setor de Urbanismo e Turismo, Paulo de Paula, confirma os  investimentos direcionados a revitalizar o complexo turístico, ganhando dez novas churrasqueiras, 12 quiosques com pia, churrasqueira, mesa com banco, além de água encanada e luz. A área recebeu 700 mudas de árvores ampliando o espaço dedicado ao camping.

Para os esportistas, um novo campo de futebol suíço. A estimativa é de levar à praia artificial de Boa Vista 35 mil visitantes ao longo da temporada de verão. O complexo turístico fica a 12 quilômetros do perímetro urbano e o acesso é com pedras irregulares. O Terminal Turístico de Vila Natal, em Missal, também passa por revitalização para receber os veranistas. O secretário Clademir Ross estima a presença de pelo menos 20 mil pessoas durante os próximos três meses. Na praia, foram feiras uma série de reformas.

Entrada gratuita em Três Lagoas

Em Foz do Iguaçu, o secretário de Turismo, Felipe Gonzales, prevê a visitação de 100 mil pessoas no Terminal Turístico de Três Lagoas. A revitalização inicia nos próximos dias. O diferencial em relação aos outros complexos de lazer, segundo a Prefeitura de Foz, é a gratuidade no acesso ao terminal. Além dos brasileiros, a praia costuma atrair turistas da Argentina e do Paraguai.

Piscina natural como diferencial

São Miguel do Iguaçu também desponta no cenário regional quando o assunto é estrutura para os banhistas. O complexo de Ipiranga deverá receber nessa temporada 100 mil visitantes. A novidade neste ano é a implantação da estação de tratamento de esgoto. Além da praia artificial, outro chamariz em São Miguel é a piscina natural com 25 mil metros cúbicos de água. Os banhistas usufruem ainda de 600 metros de orla. O governo de São Miguel também melhorou a estrutura.

A área de camping, conforme a prefeitura, é a maior de todas as praias da Costa Oeste. O secretário de Esporte e Turismo, Álvaro Bedin, não descarta a possibilidade da realização de uma queima de fogos na virada de ano.

Sol e diversão em Santa Terezinha

Santa Terezinha de Itaipu foi um dos primeiros municípios da Costa Oeste a abrir sua temporada de verão na Costa Oeste. Com 284 mil metros quadrados de área, o Complexo Alvorada de Itaipu dispõe de infraestrutura para a prática de esportes aquáticos, caminhadas, bosque com área de camping, churrasqueiras, quiosques cobertos, restaurante, mirante, estacionamento, 350 metros de área de banho, segurança, além de um visual envolvente nos fins de tarde.

A estimativa, segundo Kiko, é de que aproximadamente 150 mil pessoas circulem pelo local até 7 de março – período da temporada de verão. A parte de lazer e descontração também será um dos principais atrativos. Com apoio da equipe da Secretaria de Esportes, diversas atividades recreativas e de lazer serão oferecidas aos banhistas.

Itaverão agita o complexo turístico

No Balneário de Jacutinga, pertencente a Itaipulândia, a temporada de verão foi aberta em novembro.
A expectativa é levar ao complexo turístico 40 mil pessoas durante toda a temporada. A  administração organiza a programação do Itaverão. A estrutura da praia conta com área de camping
para 500 barracas com pontos para energia elétrica, banheiros e 20 chalés para hospedagem.

O local conta com 700 metros de praia, restaurantes, área esportiva e atracadouro, além do pavilhão de eventos. Em uma campanha realizada pela secretaria de Indústria, Comércio e Turismo de Itaipulândia uma cartilha com o regulamento do balneário, dicas aos banhistas e tabela de tarifas está sendo distribuída aos visitantes para  informar e conscientizar a todos  que frequentam o local sobre os cuidados que precisam ser tomados durante sua estada.

Farol é atrativo da temporada de Porto Mendes

A praia de Porto Mendes, em Marechal Cândido Rondon, apresenta como novidade para esta temporada o Farol há anos abandonado na Base Náutica construída para sediar os Jogos Mundiais da Natureza. Ele servirá como um mirante e a autorização para exploração do posto de observação foi obtida junto à Itaipu.

A praia artificial recebeu ainda placas de conscientização e melhorias nos quiosques e banheiros. A nova iluminação rendeu elogios dos moradores do país vizinho Paraguai, de onde é possível observar o terminal agora no período da noite. A estimativa é de atrair 30 mil pessoas durante a temporada. A programação teve início em novembro e prossegue até 29 de março. Os investimentos somam R$ 200 mil.

Diferente da realidade vivida por municípios banhados por lagos na região Oeste, o município de Mercedes explora o seu potencial com uma ampla área de lazer. Entretanto, em um prazo máximo de um ano, pretende colocar à disposição dos turistas a tão aguardada praia artificial.

O secretário de Esporte, Lazer e Turismo, Edelberto Bruch, aguarda para essa temporada a presença de 10 mil pessoas. “Hoje, o local é explorado para o turismo pesqueiro, mas esse cenário vai mudar nos próximos anos”, acredita. O complexo conta com o Centro de Eventos Mathias Weber, de mil metros quadrados, além de 80 churrasqueiras e 40 mesas.

Fechar