0 Shares 197 Views

Doleiro Alberto Youssef confirma pagamento de propina a André Vargas

26 de junho de 2015
197 Views

Youssef confirma pagamento de propina a André Vargas

O doleiro Alberto Youssef voltou a afirmar, em depoimento à Justiça, nesta quarta-feira (24), que realizou pagamentos de propina ao ex-deputado André Vargas (ex-PT-PR). A suspeita já é alvo de um inquérito da Polícia Federal. As informações são da Folhapress.

Segundo as investigações, que se baseiam em notas emitidas por empresas da contadora de Youssef, Meire Poza, foram entregues R$ 2,39 milhões ao político, que está preso preventivamente em Curitiba. O dinheiro, segundo afirmou Youssef nesta quarta, foi repassado a pedido do irmão do ex-parlamentar, Leon Vargas, em dezembro de 2013. “Ele me pediu que eu fizesse um recebimento de uma empresa para ele… Que eu pudesse emitir umas notas fiscais e ‘fazer reais’ para ele. E assim foi feito”, afirmou o doleiro, em depoimento à Justiça, se referindo a uma operação de lavagem de dinheiro.

O montante teria sido enviado pela IT7, uma empresa de processamento de dados que tem contratos com diversos órgãos públicos, como a Caixa Econômica Federal, o Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados) e a Celepar (companhia de processamento de dados do Paraná), entre outras. Um dos sócios da empresa, segundo a PF, era o irmão de Vargas.

De acordo com Youssef, o dinheiro foi entregue em espécie, em duas parcelas: uma diretamente em Brasília ao então deputado, e outra no escritório do deputado federal José Mentor (PT-SP), em São Paulo. “Foi ele [Vargas] quem me pediu”, disse o doleiro, que ainda afirmou que ele e o ex-deputado, moradores da mesma cidade (Londrina, no norte do Paraná), eram “bons conhecidos” há mais de 20 anos.

O ex-deputado nega ter recebido propina de qualquer espécie. Já o deputado José Mentor declarou, em ocasiões anteriores, que estava “estarrecido” com a inclusão de seu nome nas investigações, repudiou as acusações e disse não ter qualquer ligação com o repasse de propina.

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.