0 Shares 162 Views

Vitória da CPI, diz Soldado Fruet sobre nova gestora da frota do Paraná

23 de julho de 2019
162 Views

 

A contratação da nova gestora de manutenção da frota do Governo do Paraná é uma vitória da CPI da JMK, na avaliação do presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito da Assembleia Legislativa, deputado estadual Soldado Fruet (Pros).

“A troca da empresa responsável pelo conserto dos mais de 15 mil veículos oficiais do Estado é resultado do trabalho feito pelos integrantes da CPI e só reforça que estávamos certos em pedir a instalação da comissão para investigar graves irregularidades no contrato com a JMK”, afirma o parlamentar.

Nas seis reuniões da CPI antes do recesso parlamentar, foram realizadas sete oitivas e aprovados diversos pedidos de informações. “São milhares de páginas de documentos que estão sendo analisados pela equipe técnica”, informa o Soldado Fruet. “Defendemos a transparência e lisura nos gastos públicos. Quem se apropriou de valores indevidamente terá que ser responsabilizado judicialmente e ressarcir o Estado”, destaca o presidente da CPI.

NORMALIZAÇÃO – Na última sexta-feira (19), o Governo do Estado assinou o contrato emergencial de prestação de serviços com a Maxi Frota. “É uma empresa renomada, que atende a diversos órgãos públicos federais e estaduais e registra poucas reclamações”, comenta o Soldado Fruet. “Esperamos que os serviços atrasados sejam colocados em dia, permitindo que ambulâncias, viaturas policiais e caminhões do Corpo de Bombeiros parados nas oficinas voltem a circular”, diz.

O presidente da CPI da JMK ressalta que, no contrato com a Maxi Frota, a Secretaria Estadual da Administração inseriu algumas mudanças com objetivo de evitar problemas semelhantes aos ocorridos com a JMK. Entre as alterações, estão: a obrigatoriedade de comprovação, por parte da contratada, dos pagamentos feitos às oficinas credenciadas e também que estes estabelecimentos não poderão praticar preços de peças com valores superiores ao praticado para outros clientes (pessoas físicas ou jurídicas).

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.