por 15:33 Destaques

Vídeo mostra que Pazuello negociou CoronaVac com intermediário e contradiz fala dele à CPI, diz Folha

No vídeo de 11 de março, obtido pela Folha, o então ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirma que havia assinado memorando para comprar 30 milhões de doses da CoronaVac.

A reportagem aponta que vídeo contradiz o que Pazuello afirmou posteriormente à CPI da Pandemia, quando negou que tivesse tratado de vacinas com empresas e que essa função seria de funcionários administrativos do Ministério. Segundo o jornal, a proposta da empresa World Brands previa a cobrança de 28 dólares por dose.

O governo já havia comprado o imunizante do Butantan por 10 dólares a dose. As informações foram confirmadas pelo blog do jornalista Valdo Cruz, no G1. Pazuello não respondeu ao contato da Folha. A SinoVac disse que apenas o Butantan pode negociar a CoronaVac no Brasil.

Informações F. de São Paulo

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com