0 Shares 385 Views

Vereadores de Foz vão à Curitiba em busca de recursos para o Hospital Municipal

17 de abril de 2019
385 Views

 

Em Curitiba
Um grupo de vereadores segue cedo nesta quarta (17) para Curitiba. Na capital, Inês Weizemann, Celino Fertrin, Elizeu Liberato, Kako e Jeferson Brayner terão agenda com o líder do Governo na Assembléia Legislativa, Hussein Bakri. Na pauta, alternativas para garantir recursos de funcionamento e manutenção do Hospital Municipal Padre Germano Lauck de Foz do Iguaçu. A instituição vinha recebendo R$ 2,5 milhões por mês do Governo do Estado, mas desde janeiro, os recursos não vêm sendo repassados.

Compromisso
Os vereadores lembram que, em agosto do ano passado, ainda em campanha, o governador Ratinho Junior se comprometeu a apoiar de maneira permanente o financiamento do Hospital de Foz.

Mais saúde
A comissão de edis iguaçuense vai tratar ainda da doação do terreno onde está instalada a Unidade Básica de Saúde da Vila Yolanda, que pertence ao estado e precisa ser repassado ao município, para que o prédio seja reformado.

Mais audiências
Além de Bakri, os parlamentares vão se reunir com o chefe da Casa Civil, Guto Silva. O vereador Márcio Rosa também vai viajar para Curitiba onde irá cumprir outra agenda.

Sem título
A Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa não apreciou ontem (16) o projeto que concede, ao presidente do STF, Dias Toffoli, o título de Cidadão Honorário do Paraná. “Talvez avaliando que este não é o melhor momento”, anotou em seu blog, a jornalista Roseli Abrão.

Título II
A justificativa para não votar a matéria foi, segundo o presidente da CCJ, Fernando Francischini, “o adiantado da hora” (eram 14h30), mas não resta dúvida que foi em razão da repercussão negativa da censura imposta pelo ministro Alexandre de Moraes aos sites Crosué e O Antagonista que publicaram reportagem sobre a delação de Marcelo Odebrecht que envolve o ministro Dias Toffoli.

Autoria
O título foi proposto no ano passado e leva as assinaturas dos deputados Ademar Traiano, Plauto Miró e Luiz Claudio Romanelli.

Tem a força
O deputado Hussein Bakri, que teve a liderança questionada pelos companheiros, entregou ao governador Ratinho Junior ontem, durante reunião do secretariado, documento em que 42 dos 54 deputados estaduais se declaram governistas. A tarde, no Plenário, 44 votaram a favor da reforma administrativa do Governo, que reduz de 28 para 15 as Secretarias de Estado.

MDB dissolve
O presidente João Arruda comandou segunda (15) mais uma reunião da Comissão Executiva Estadual do MDB para reforçar a postura de oposição ao atual governo do Estado e a dissolução dos diretórios municipais de Foz do Iguaçu e Paranaguá e indicação de comissão provisória em Doutor Ulisses.

link da matéria

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.