Escrito por 14:01 Cultura e Música, Foz do Iguaçu

Vereadores de Foz do Iguaçu aprovam auxílio aos artistas

Um remanejamento de emenda das vereadoras Nanci Rafagnin Andreola (DEM e Inês Weizemann (PL), e dos vereadores Darci DRM (PL), João Miranda (PSD) e Elizeu Liberato (PL) garantiu recursos para atender trabalhadores do setor cultural de Foz do Iguaçu. As diversas categorias do setor foram afetadas pela pandemia do coronavírus, com a suspensão de eventos e agendas de trabalho.

As emendas foram convertidas em projeto de lei, aprovado pela Câmara Municipal e sancionado pelo prefeito Chico Brasileiro (PSD). “Se tratava de uma emenda impositiva para aquisição de instrumentos musicais e atendendo os pedidos dos profissionais envolvidos com a área da cultura e dos diretores da Fundação Cultural”, disse Elizeu Liberato.

“Os vereadores proponentes da emenda impositiva entenderam que nesse momento seria importante alterar a destinação dos recursos para atender essas pessoas, que passam por dificuldades financeiras para suprir as necessidades de suas famílias”, completa Elizeu Liberato.

O vereador Darci DRM também um dos autores da emenda, afirmou que o remanejamento vai atender vários trabalhadores da música, da capoeira, da cultura popular. “Dialogamos com os profissionais da música. Com a pandemia, os artistas foram os primeiros a parar. Houve um entendimento com os demais vereadores que não haveria motivo para comprar equipamentos, que era a destinação inicial da emenda, então fizemos esse ajuste para auxiliar os trabalhadores da cultura”.

A vereadora Nanci Rafagnin Andreola afirmou que neste momento de pandemia muitas famílias não têm como manter a renda. Com o remanejamento desta emenda para os trabalhadores da cultura tenho certeza que será bem redistribuída e muito bem aproveitada”, disse.

“Sempre incentivei a cultura, participei no decorrer dos anos em vários de projetos culturais, já levamos músicas aos bairros, destinei emenda para a Guarda Mirim para aquisição de instrumentos musicais.. Então nada mais justo que em um momento de dificuldade para os trabalhadores da cultura, possamos estar presentes e colaborando”, completa.

O presidente da Fundação Cultural, Juca Rodrigues, esclareceu que começo da semana será lançado o edital de R$ 200 mil reais, em que R$ 136 mil correspondem ao recurso da emenda, conforme projeto aprovado. “É uma forma de auxílio aos artistas. Esse edital que vamos lançar agora trata do credenciamento de artistas para participarem. Ele é bem amplo, tem: artes visuais, música, dança, cenógrafo, artesã, figurista, toda cadeia produtiva estará contemplada e poderá participar. O recurso aprovado pelos vereadores é muito importante porque nos ajudou a viabilizar o edital”.

O vereador João Miranda lembrou a emenda originalmente seria destinada ao projeto Canto que Encanta e ao Colégio Militar para compra de instrumentos para banda. “Destinamos essa emenda de R$ 136 mil para dar um auxílio a esse pessoal. A operacionalização vai ficar a cargo da Fundação Cultural”.

A vereadora Inês Weizemann pontuou. “Entendi que nesse momento difícil que estamos passando seria mais importante direcionar o valor aos artistas da cultura”.

(Visited 15 times, 1 visits today)
Close