por 13:15 Sem categoria

Vereadores da oposição rejeitam projetos prioritários e prejudicam execução de obras

Vereadores da oposição rejeitam projetos prioritários e prejudicam execução de obras

A Câmara Municipal rejeitou, com os votos contrários dos vereadores da oposição, os projetos de lei nº53, 54 e 55/2008, do Executivo, que autorizariam suplementação orçamentária para execução de obras e programas administrativos. A rejeição ocorreu na sessão de segunda-feira (11) com os votos contrários de Sérgio Schmidt (PDT), Luiz Cecato (PP), Lucir Marchiori (PSDB), Marcelo Puppi (DEM), Tereza de Jesus Moraes (PPS) e Ivan Norberto (PSDB).

Os valores que seriam suplementados no orçamento ultrapassavam R$ 8 milhões de reais, originados do excesso de arrecadação e do repasses do governo federal.

·        Projeto de Lei nº53/2008 – suplementação de R$ 134.500,00

·        Projeto de Lei nº54/2008 – suplementação de R$ 999.200,00

·        Projeto de Lei nº55/2008 – suplementação de R$ 6.890.000,00

                                                    Total……………………R$ 8.033.700,00

GUARDA MUNICIPAL

Um dos programas mais prejudicados com o posicionamento dos vereadores foi o da implantação da Guarda Municipal, que deve iniciar em setembro próximo. A Prefeitura já realizou o concurso público e convocou os 40 primeiros classificados. Fez também uma parceria com a CNEC (Campanha Nacional de Escolas da Comunidade) Faculdade Kennedy, para realizar o curso de treinamento de 70 Guardas – 40 que serão contratados e 30 que serão treinados e serão chamados para a ampliação do programa, que ocorrerá no início do próximo ano. Como incentivo a esses 30 Guardas que serão treinados sem estarem contratados, a Prefeitura pagaria uma bolsa auxílio mensal de R$ 501,58.

OBRAS PREJUDICADAS

Segundo a Secretaria Municipal de Educação, várias obras ficaram prejudicadas com a rejeição dos projetos pela Câmara, dentre elas

·        Reconstrução da Escola Municipal Diácono Edgard Marochi  (a obra seria iniciada agora – Já estão disponíveis em caixa R$ 271.947,69 e faltavam R$ 75.000,00. Já há acordo entre a direção da Escola e a APMF.

·        Ampliação da Escola Municipal Luiza Gonçalves Monteiro (Bateias) – construção de bloco para Educação Infantil, Educação Especial, Almoxarifado e banheiros.

·        Ampliação da Escola Municipal Rosália Remonato (construção de mais uma sala de aula, biblioteca e almoxarifado).

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com