por 14:09 Brasil, Coronavírus no Paraná • 2 Comentários

Venezuela vai fornecer oxigênio para Manaus

Segundo a White Martins, empresa que fornece o produto ao governo do Amazonas, há disponibilidade do produto em suas operações na Venezuela e que “neste momento está atuando para viabilizar a importação do produto para a região”.

Médicos e familiares entraram em desespero e usaram as redes sociais relatando a falta de cilindros de oxigênio para atender pacientes internados em diversos hospitais, vítimas do novo coronavírus.

“Nunca pensei que oxigênio seria mais que ouro. Nunca pensei em ver pessoas pedindo socorro, em pleno desespero, clamando para respirar. Desespero total e um monte de gente correndo sem saber para onde correr” , disse psicóloga Thalita Rocha, que gravou vídeo em frente ao SPA (Serviços de Pronto Atendimento) de Redenção, em Manaus, mostrando a dramática situação.

De acordo a empresa, a demanda de oxigênio aumentou em cinco vezes nos últimos 15 dias, alcançando um volume de 70 mil metros cúbicos diários. Esse consumo equivale a quase o triplo da capacidade de produção da unidade da White Martins em Manaus, que é de 25 mil metros cúbicos por dia.

Sem oxigênio nos hospitais, Manaus vive uma crise sem precedentes por causa da pandemia de Covid-19, com internações batendo recordes e pacientes sendo enviados para outros estados.

Fechar