Escrito por 8:12 Foz do Iguaçu

Vazão do Rio Iguaçu aumenta e muda o cenário nas Cataratas

A imagem compara a mesma paisagem em abril, período de estiagem, e em maio onde, na tarde de ontem (26), chegou a 1 mil litros por segundo, de acordo com a Copel. Foto: Cassiano Rolim/William Brisida/RPC

A vazão do Rio Iguaçu nas Cataratas, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, chegou a 1 milhão de litros por segundo, na tarde desta terça-feira (26), conforme a Companhia Paranaense de Energia (Copel).

Apesar do volume nas quedas d’água ainda estar abaixo da média normal, que é de 1,5 milhão de litros por segundo, o aumento da vazão é considerável após dez meses de estiagem no Paraná. Conforme a Somar Meteorologia, houve registro de chuva em todas as estações do estado no sábado (23).

O leito do Rio Iguaçu nasce na região de Curitiba, atravessa o estado e deságua em Foz do Iguaçu, nas Cataratas, conforme a Copel. Por isso, foi importante chover na região metropolitana da capital do estado para haver o reflexo no aumento da vazão do rio.

A estiagem mudou a paisagem das Cataratas, mas no período, turistas não puderam prestigiar esse belo e diferenciado cenário, devido a pandemia:

A maior seca já registrada nas Cataratas do Iguaçu aconteceu em 1978, com apenas 76 metros cúbicos por segundo. 

(Visited 20 times, 1 visits today)
Close