por 16:22 Brasil, Destaques, Saúde

Unidos pela Vacina, liderado por Luiza Trajano, convoca empresários para agilizar o processo de vacinação no Brasil

O movimento Unidos pela Vacina nasceu de uma proposta da Mulheres do Brasil, iniciativa de diversas empresárias do país lideradas por Luiza Helena Trajano (Foto: Guillermo Gutierrez/Bloomberg)

Um grupo de mulheres se reuniu para ir atrás de um objetivo ousado: vacinar contra a covid-19 todos os brasileiros até setembro de 2021. O movimento Unidos pela Vacina nasceu de uma proposta da Mulheres do Brasil, iniciativa de diversas empresárias do país lideradas por Luiza Helena Trajano, que comanda a rede de lojas de varejo Magazine Luiza. 

O grupo Mulheres do Brasil foi criado em 2013 por 40 mulheres de diferentes áreas, com a proposta de engajar a sociedade na conquista de um país melhor. Hoje, mais de 41 mil participantes integram a grande rede de mulheres, liderada pela empresária Luiza Trajano. 

O grupo, todos os anos, propõe objetivos diferentes, mas em 2021, uma campanha muito forte começou. Líder do comitê de empreendedorismo do Mulheres do Brasil em Curitiba há quatro anos, a diretora executiva da Lapidus Gestão Empresarial Regina Arns vem desenvolvendo o projeto Unidos pela Vacina no Paraná desde janeiro. Ao lado dela, Artur Grynbaum, vice-presidente do Conselho Administrativo do Grupo Boticário, também tem representado o estado e acompanhado reuniões semanais do tema.

Sem ser partidário e também sem procurar culpados pelo processo de imunização que segue lento no país, o Unidos pela Vacina quer agilizar o processo. O objetivo é fazer com que todos os municípios estejam preparados para a imunização em massa o quanto antes. 

Fechar