Escrito por 09:44 Brasil, Emprego

UniCesumar cria projeto de Empregabilidade para alunos do ensino presencial

Compartilhe

Objetivo da iniciativa é criar os estudantes a oportunidades no mercado de trabalho, além de oferecer uma série de conteúdos de aprimoramento profissional

A busca pelo bom posicionamento na carreira é um objetivo comum a todos que buscam o ensino superior. Para contribuir nessa jornada, a UniCesumar criou um programa de Empregabilidade, estabelecendo conexão entre os estudantes do ensino presencial e o mercado de trabalho. O projeto é uma parceria entre a Pró-reitoria de Ensino Presencial, Pós-Graduação e UniCesumar Empresarial e foi lançado oficialmente nesta segunda-feira (10), disponível no blog da UniCesumar.

Para a divulgação das oportunidades de emprego, a Instituição firmou parcerias para manter as vagas sempre atualizadas. “Fechamos parcerias com as Agências de Emprego e Estágio, além de grandes empresas das cidades onde temos campi físicos, ou seja, Maringá, Londrina, Ponta Grossa e Curitiba. Semanalmente, eles nos atualizaram das oportunidades abertas para compartilhamento com nossos alunos”, explica a coordenadora da UniCesumar Empresarial, Fabiana Azevedo.

Além de divulgar as vagas de emprego para os alunos, o objetivo da Instituição é oferecer conteúdo que irá agregar na experiência profissional dos alunos. Para isso, serão preparadas lives, vídeos de capacitação, textos de apoio e reuniões remotas, garantindo a troca de experiências entre alunos e especialistas.

De acordo com a pró-reitora de Ensino Presencial da UniCesumar, Andrea Borim, o projeto tem o intuito de auxiliar o aluno não só no aprimoramento de competências técnicas, mas também no desenvolvimento de habilidades comportamentais.

“É muito importante que o profissional não só conheça da profissão que ele irá exercer, mas que também tenha criatividade, resiliência, saiba se relacionar para trabalhar em grupo, tenha raciocínio lógico e foco para solução de problemas”, explica Borim. “Essas são habilidades que você não ensina na teoria, mas na prática por meio do estágio e de projetos como a atividade de estudo programado (AEP). Por isso, o projeto de Empregabilidade tem também esse foco: aproximar os alunos das empresas, abrir possibilidades no mercado de trabalho e também prepara-los com essas softskills.”

Para ela, a relação é mutuamente positiva – especialmente no atual contexto de pandemia e incertezas. “Estamos passando por momentos difíceis, nos quais buscar e manter as colocações no mercado de trabalho são grandes desafios. Para nós, da UniCesumar, é o momento de trazer, cada vez mais, um alinhamento entre os nossos projetos pedagógicos e o que o mercado precisa. Isso está, inclusive, no DNA da UniCesumar, em nossos pilares”, reforça.

Aprimoramento Constante

Para o diretor de Pós-Graduação da UniCesumar, Guaracy Silva, a transformação digital do mercado exige o aprimoramento constante e a busca por novas competências nos profissionais. “É preciso ouvir as empresas e organizações para identificarmos quais as competências que são valorizadas e necessárias. Como é tudo muito dinâmico, haverá a necessidade de atualização profissional permanentemente.”

Dessa forma, o projeto de Empregabilidade contribui por meio de duas frentes: a conexão para com vagas de empregos e a oferta de programas de preparação. “Nossas iniciativas não possuem custos e apresentarão alto impacto para nossos alunos”, diz Silva.

Trabalho durante a graduação

A UniCesumar trabalha em outras frentes para garantir essa capacitação aos estudantes. Um dos projetos mais longos e bem sucedidos é o trabalho das consultorias juniores, realizado pela UniCesumar Empresarial. “As consultorias juniores são uma excelente oportunidade dos alunos adquirem experiência ainda na graduação, eles recebem todo o suporte de como agir, se comportar, além de ter acesso aos clientes, realizando projetos, experimentando e tirando dúvidas realizando as ações”, descreve Fabiana Azevedo.

Segundo a professora, essas experiências são importantes, inclusive, para o ato de estruturar um currículo. “Para o currículo profissional, é um grande diferencial ter vivido esta jornada, além de que as empresas gostam de alunos que tiveram esta oportunidade, pois chegam mais prontos para o trabalho, além de mais articulados e engajados.”
Close