por 15:45 Curitiba, Destaques

Um em cada 5 aprovados no vestibular da UFPR passou pela rede pública de ensino

O início do ano letivo de 2021 da Universidade Federal do Paraná (UFPR), marcado para começar na próxima segunda-feira (20/9), terá muitos calouros que passaram pelo Ensino Fundamental na rede municipal de ensino de Curitiba. Só entre os que ingressaram pelo vestibular, realizado em julho, um em cada cinco novos universitários foram estudantes das escolas municipais da cidade.

Das 4.228 vagas ofertadas no processo seletivo, os egressos de escolas públicas de Curitiba, matriculados em unidades do município ao longo do Ensino Fundamental, conquistaram 823, o equivalente a 19,5% do total.

Eles conquistaram 30% ou mais das vagas em 17 cursos, como Jornalismo (37,5%); Biomedicina (37,5%), Educação Física – Licenciatura (35%); Enfermagem (37,5%); História (34,4%); Química – Licenciatura (45,85) e Turismo (30,8%).

Os calouros egressos do Ensino Fundamental na rede municipal de ensino também foram aprovados em cursos tradicionalmente bastante concorridos. Em Medicina, ficaram com 22 das 153 vagas, em Direito, foram 24 aprovados em 160 vagas ofertadas.

A secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila, destaca a relevância desse resultado.

“É motivo de orgulho ver que nossas crianças crescem preparadas para conquistar estes ótimos resultados. A alfabetização nos anos iniciais, proporciona uma base sólida de saberes, que dá suporte à trajetória futura dos estudantes”, disse a secretária.

Maria Sílvia também lembrou que Curitiba construiu uma História de qualidade no ensino da rede municipal, que evolui a cada ano com os investimentos da Prefeitura.

Destaques no Enem

A UFPR também terá calouros que passaram pelas salas de aula  na rede pública curitibana classificados pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2021, que utiliza as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano. Pelo Enem, foram 50 ex-alunos do município classificados em primeiros lugares nos cursos da Universidade mais antiga do Brasil.

A rede municipal tem 230 Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs), 185 escolas, 33 Faróis do Saber e Inovação com impressoras 3D, entre outros equipamentos, e atende crianças de zero a cinco anos e estudantes do Ensino Fundamental, do 1º ao 9º ano, sendo a maior parte do 1º ao 5º ano (Fase I).

Ideb

Referência no ensino público municipal, Curitiba teve, em 2020, novo crescimento no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), principal indicador da qualidade da educação no país.

O Ideb das escolas municipais para os anos iniciais do ensino fundamental (1º ao 5º) passou de 6,4 para 6,5. A cidade também atingiu a meta estabelecida pelo Ministério de Educação (MEC) de 6,5.

Os dados são referentes ao ano de 2019 e foram divulgados em setembro de 2020 pelo Ministério da Educação.
Com este desempenho, Curitiba continua com o melhor ensino público do país entre as capitais com mais de 1 milhão de habitantes.

Os resultados do Ideb são importantes para que as escolas possam analisar e qualificar os dados coletados pelo Inep e assim planejar e aplicar novas estratégias e ações.

Com a análise dos dados é possível, por exemplo, constatar onde estão os avanços ou a dificuldade dos estudantes e, a partir daí, reformular ou potencializar a formação dos professores na área.

Em Curitiba, também são utilizados os dados coletados por meio da Prova Curitiba, instrumento próprio da Secretaria Municipal da Educação para balizar as políticas educacionais.

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com