Escrito por 07:38 Brasil, Cultura e Música, Economia, Foz do Iguaçu, Política

Turismo: Foz do Iguaçu ganha apoios para voos internacionais

Compartilhe

Entre os destinos articulados por Cida Borghetti, Reni Pereira e Gilmar Piola está Roma, na Itália

embratur

O município de Foz do Iguaçu ganhou esta semana novos apoios para viabilizar voos internacionais. A Empresa Brasileira de Turismo (Embratur) e a Alitália serão parceiras nesta importante conquista para a “Terra das Cataratas”. A disposição foi assegurada a comitiva paranaense em Brasília, formada pela vice-governadora Cida Borghetti, o prefeito Reni Pereira e o presidente do Fundo Iguassu, Gilmar Piolla. As informações são do A Gazeta do Iguaçu.

Entre os destinos internacionais pleiteados pelo grupo está um voo direto entre Foz do Iguaçu e Itália. Na reunião, Cida destacou nossas potencialidades e a importância da linha aérea para o desenvolvimento econômico e turístico do Estado e do País. “Novas rotas aéreas internacionais criarão oportunidades de negócios, empregos e ampliarão a geração de renda não só em Foz, mas em toda a região”, disse.

Para o presidente da Embratur, Lima Neto, o tema é transversal e vem ao encontro aos novos projetos da instituição. Ele elogiou a iniciativa dos paranaenses em garantir novos voos e a necessidade de ampliar a permanência dos turistas no país, por meio de novas experiências dentro da realidade local.

“Foz figura entre os cinco destinos mais conhecidos ou o que as pessoas têm mais vontade de conhecer no Brasil, não apenas pelo turismo de lazer, mas também de negócios”, ressaltou. Para a Embratur, segundo o presidente, é importante não só a vinda de turistas, mas principalmente prolongar sua permanência no país.

Parceria
O prefeito Reni Pereira enfatizou a importância da participação da Embratur na conquista de voos internacionais para Foz. “Fortalecerá muito o respaldo da Embratur nas tratativas que já iniciamos, junto com a vice-governadora e com a Alitália, a fim de ligarmos nosso aeroporto com países sul-americanos e a Europa”, disse.

Nos encaminhamentos do encontro em Brasília, foi estabelecido que um grupo de trabalho formado por secretários de Estado do Paraná interagirão com a Embratur, a fim de viabilizar a conquista de voos internacionais para a “Terra das Cataratas”.

Aeroporto
Durante o encontro, Gilmar Piolla, presidente do Fundo Iguassu de incentivo ao turismo, explicou a necessidade da ampliação da atual capacidade técnica do aeroporto de Foz tendo em vista o crescimento da quantidade de novas rotas aéreas.

“A pista do aeroporto será ampliada de 2.195 metros para 3.000 metros, o que atenderá aeronaves que não necessitarão de escalas para reabastecimentos, ligando assim diretamente nosso aeroporto com a Europa. Todos os estudos de viabilidade da ampliação da pista estão prontos para tanto”, pontuou Piolla, que também é o superintendente de Comunicação de Itaipu.

Negociações
O andamento das negociações foi destacado pela consultora Gisele Lima, incumbida da “interface técnica” junto a Alitália, maior companhia aérea da Itália e uma das mais importantes da Europa. Ela destacou a possibilidade de fazer a rota da Itália (Roma), direto para Foz ou com a escala em outro Estado brasileiro e ainda o remanejamento de voo que sai de Milão (Itália) para Caracas (Venezuela), a fim de passar também no Brasil.

As articulações de Cida Borghetti, junto a Alitália, foram diretamente com Cilvano Cassano, executivo-chefe (CEO) da empresa de aviação. Entre os motivos que interessaram a companhia nos novos voos para Foz, está a posição geográfica de seu aeroporto, no “coração” do Mercosul. A empresa realiza no momento, análises técnicas e financeiras para viabilização dos voos.

Presenças
Da Embratur, também participaram da agenda de trabalho o diretor de Produtos e Destinos, Marcos Lomanto; Sérgio Flores – diretor de Marketing; Gilson Lira diretor de Mercador Internacionais. Acompanhou a vice-governadora, José Reis, secretário Nacional de Entidades do PROS, que também preside o partido em Foz.

A comitiva paranaense também se encontrou com a bancada do Estado na Câmara Federal, em busca de apoio e liberação de recursos para melhorias no aeroporto de Foz do Iguaçu. Na reunião com os parlamentares, solicitada por Cida Borghetti, Reni Pereira e Gilmar Piolla apresentaram o projeto das modificações necessárias para o terminal aeroportuário das Cataratas.

Close