por 22:55 Sem categoria

TRANSFORMAÇÃO DO NOROESTE VAI AJUDAR PMDB

O sucesso das administrações peemedebistas na microrregião de Campo Mourão pode ser medido pela transformação social e econômica dos municípios. O efeito pode ser repetido em outras cidades da região Noroeste. Um dos pólos nacionais na produção de alimentos atrai investimentos e cresce a cada dia. Um dos motivos, ao lado do momento positivo para a agricultura, está a recuperação das estradas feita no Governo Requião. Dos 11 prefeitos peemedebistas da microrregião 10 deverão concorrer à reeleição. Há ainda fortes candidatos peemedebistas de oposição e alguns aliados que devem contar com o PMDB na chapa majoritária. Leia matéria completa em Reportagens.

por 22:50 Sem categoria

Transformação do Noroeste vai ajudar PMDB

Transformação do Noroeste vai ajudar PMDB

O sucesso das administrações peemedebistas na microrregião de Campo Mourão pode ser medido pela transformação social e econômica dos municípios.

O efeito pode ser repetido em outras cidades da região Noroeste. Um dos pólos nacionais na produção de alimentos atrai investimentos e cresce a cada dia. Um dos motivos, ao lado do momento positivo para a agricultura, está a recuperação das estradas feita no Governo Requião.

Dos 11 prefeitos peemedebistas da microrregião 10 deverão concorrer à reeleição. Há ainda fortes candidatos peemedebistas de oposição e alguns aliados que devem contar com o PMDB na chapa majoritária.

“Aqui temos um exemplo da importância do Estado assumir o seu papel e do mal que o neoliberalismo fez ao país”, afirmou o presidente do Diretório Estadual, deputado Waldyr Pugliesi. “No governo Lerner, para justificar a privatização eles abandonaram as estradas, alegando que não havia recurso. Em quatro anos recuperamos mais de 5.000 quilômetros de rodovias sem contrair nenhuma dívida. O resultado podemos ver com a produção sendo escoada e a economia crescendo”, disse o presidente.

O vice-presidente estadual, Luiz Claudio Romanelli, que conduziu o encontro microrregional, destacou o bom momento vivido pelo Paraná, que além da infra-estrutura investiu no social. “Em cinco anos, 500 mil paranaenses conseguiram emprego com carteira assinada, contra 37 mil nos oito anos do governo neoliberal. Além dos programas sociais bem conhecidos temos diversos projetos sendo encaminhados como a rede de hospitais e os centros da saúde da mulher e da criança, parta ficar só na área de saúde. Para a agricultura, o governo oferece, por exemplo, os resultados das pesquisas de sementes e os 1.000 tratores solidários já entregues”, disse. “A população que reconhece estes benefícios vai votar nos candidatos do PMDB para manter o Paraná avançando”, concluiu Romanelli.

O secretário-geral do PMDB do Paraná, João Arruda, ressaltou a importância dos candidatos e militantes conhecerem as ações do governo e aprofundarem as discussões das necessidades de suas cidades durante as eleições. O secretário-geral anunciou a intenção da Executiva Estadual oferecer suporte aos candidatos. “Estamos começando com a assessoria jurídica, através da palestra do Dr. Clóvis Augusto Veiga da Costa”, informou.

O tesoureiro do Diretório Estadual, deputado federal Rodrigo Rocha Loures, lembrou que o resultado de 2008 terá influência nas eleições de 2010 para governador e presidente. “O PMDB deve lançar candidatos próprios onde for possível. Em 2010 devemos estar bem posicionados também nacionalmente, com o partido na presidência da Câmara dos Deputados. Este fato, deve reforçar a candidatura própria do PMDB a Presidente da República”, disse

Representantes de mais de 20 municípios estiveram em Campo Mourão na sexta-feira (4) discutindo candidaturas e coligações em 2008. Da Executiva Estadual também compareceram Isaías Decker “Zazá” e Antonio Anibelli Neto.

Estiveram presentes ainda dois líderes históricos do PMDB da região, o ex-prefeito de Campo Mourão Augustinho Vechi e o ex-deputado e atual presidente da Superintendência de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Saneamento Ambiental (Suderhsa), Darcy Deitos.

Vitórias – O presidente do PMDB de Campo Mourão, José Carlos Teodoro de Oliveira, disse que o partido conquistará mais um mandato na cidade com a reeleição do prefeito Nelson Turek. Também aposta no crescimento da bancada de vereadores dos atuais 2 para 6.

O sucesso se reproduzirá em outras cidades. O PMDB é favorito até onde o partido é oposição, como Ubiratã e Goioerê. Nas duas cidades, o partido deverá escolher o candidato prefeito através de uma pesquisa de opinião já que há dois pré-candidatos em cada uma.

Para o prefeito de Campo Mourão, Nelson Turek (PMDB), o crescimento econômico da agroindústria na região terá um efeito positivo na tentativa de reeleição dos prefeitos. Turek lembrou a participação dos peemedebistas na construção do projeto de um pólo estadual de alimentos que ganhou importância nacional e internacional.

O prefeito destacou a participação do governador Requião e do vice-governador Orlando Pessuti no sucesso econômico da região. Turek citou com entusiasmo a possível candidatura dos dois a presidente e a governador em 2010, reforçando uma idéia muito difundida em todos os encontros regionais.

Fechar