Escrito por 14:40 Cida Borghetti, Política

Trabalhamos de domingo a domingo, diz Cida em Foz do Iguaçu

Trabalhamos de domingo a domingo, diz Cida em Foz do Iguaçu
Compartilhe

A governadora Cida Borghetti empossou nesta quinta-feira (10), em Foz do Iguaçu, no Oeste do Estado, o novo secretário de Estado da Comunicação Social, Alexandre Teixeira. O jornalista assume a pasta com a missão de aproximar as ações do governo da população nos 399 municípios paranaenses.

Cida também deu posse ao coordenador da Casa Civil no município, Gessani da Silva, e confirmou a continuidade de Ivone Perez Müller na chefia do Núcleo Regional de Educação de Foz do Iguaçu. Além disso, a governadora fez um balanço dos seus primeiros 30 dias de governo e apresentou as metas e projetos que serão implantados no Paraná nos próximos meses.

“Abrimos as portas do gabinete para receber a todos no Palácio. Estabelecemos uma agenda de domingo a domingo para ficar à disposição e bem atender a população do Paraná e os 399 municípios do Estado”, afirmou a governadora. “Nosso foco é humanizar o governo e levar as ações para as cidades, onde as pessoas vivem. A comunicação social tem um importante papel de aproximar o cidadão das ações do Estado”, ressaltou.

Dentro do balanço da gestão, Cida destacou a criação da Divisão de Combate à Corrupção e os convênios firmados diariamente com os municípios. Ela salientou, ainda, que seu governo tem como foco políticas públicas voltadas à primeira infância e aos idosos.

COMUNICAÇÃO – O secretário Alexandre Teixeira explicou que a Comunicação Social funciona como um elo que liga o Governo do Estado à população. “Temos reestruturado a área da comunicação e vamos estar presentes nos 399 municípios através do rádio, da televisão, da Agência de Notícias e da É-Paraná, trabalhando firme para divulgar as ações de governo”, disse.

Teixeira também ressaltou a importância dos veículos de comunicação. “O Paraná tem uma grande cobertura e está muito bem atendido pelas rádios, jornais, sites de notícias e emissoras de televisão. Somos um Estado privilegiado com relação à comunicação”, afirmou.

Close