0 Shares 1278 Views

Tudo começou com o “xodó da vovó”

7 de maio de 2012
1278 Views

Por Aroldo Murá

De uma pré-escola que funcionava numa casa alugada, no centro de Foz do Iguaçu, a uma rede de cinco colégios, quatro faculdades, cursos de pós-graduação em convênio com a Fundação Getúlio Vargas, além de convênios com universidades da França, Itália, Estados Unidos, Portugal, Espanha, Rússia e Líbano, há todo um caminho.
Uma conquista sem par para uma professora que deixou Curitiba, em 1974, para se aventurar com o marido, cirurgião-dentista, na quase inóspita Foz do Iguaçu daquela época, onde asfalto era luxo para poucas ruas e a principal avenida da cidade, a Brasil, era cortada por um rio em que o esgoto corria a céu aberto.

Rosicler Hauagge do Prado, diretora-presidente do Grupo UDC, é hoje sinônimo de escola particular em Foz do Iguaçu, onde emprega 1.200 pessoas, entre professores e funcionários em geral, para atender mais de 10.700 alunos, da pré-escola ao mestrado. A última aquisição do grupo foi o Colégio e Faculdade Anglo Americano de Foz e o Colégio Anglo Americano de Hernandarias, Paraguai. Rosicler é uma das personagens do volume 4 do livro Vozes do Paraná, que estarei lançando na terça-feira, dia 15, no Solar do Rosário, Largo da Ordem, em Curitiba.

Empreendedores, tipos “lendários”, administradores e intelectuais estão em “Vozes do Paraná 4”A Editora Esplendor, de Curitiba. O livro  registra a vida e obra de personagens da vida paranaense, “nomes que  estão fazendo a importância  do nosso Estado nos dias de hoje”, disse o autor. A série começou   em 2008. O lançamento do livro, com noite de autógrafos, ocorrerá durante coquetel com que serão igualmente celebrados  os 20 anos de existência do centro cultural Solar do Rosário, de Regina Casillo, que é  enfocada no livro.

Com cerca de 400 páginas e 500 fotografias que documentam momentos importantes da vida dos seus  personagens, Vozes do Paraná 4 abrange vários ângulos da vida paranaense: na área empresarial, Darci Piana, presidente da Federação do Comércio do Estado do Paraná(FECOMERCIO), e Edson Luiz Campagnollo, presidente da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP), assim como o empresário e ex-secretário de Estado  Francisco Simeão Neto.

Eles estão no volume 4 ao lado da  quase lendária, Madre Belém, de Sion, centenária recentemente desaparecida, filha do não menos antológico comendador Arthur Martins Franco;Maurício Schulman, um dos paranaenses que maior expressão pública nacional já teve na nossa história; o membro do Conselho Nacional de Justiça, desembargador federal Ney José de Freitas; o ex-presidente do TRT e ex-secretário Pretextato (Tato) Taborda Ribas Neto; a deputada federal Cida Borghetti,  os escritores e jornalistas Fábio Campana, Dante Mendonça e José Wille; o presidente do Fundo Iguaçu de Turismo, Gilmar Piolla são igualmente perfilados no livro de Aroldo( www.cienciaefe.org.br).

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.