Written by 8:24 Sem categoria

Teórico da Teologia da Libertação morre em Curitiba aos 81 anos de idade

Morreu ontem aos 81 anos, em Curitiba (PR), o padre jesuíta João Batista Libânio, vítima de um infarto. Primo de Frei Betto, ele era um dos maiores teóricos da Teologia da Libertação. Por mais de 30 anos o padre Libânio se dedicou ao magistério e à pesquisa teológica. Escreveu 36 livros e foi coautor de vários outros.

Doutor em teologia, João Libânio era professor na Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia e vigário em Vespasiano, em Minas Gerais. Ele foi assessor da CRB (Conferência dos Religiosos do Brasil) e colaborador no Instituto Nacional de Pastoral e de comissões episcopais da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), anotou a Folha de S.Paulo.

A CNBB, a Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia e a Arquidiocese de Belo Horizonte emitiram notas oficiais lamentando a morte. Em entrevista concedida em 2002, Libânio disse que a “opção pela Teologia da Libertação foi um desabrochar de toda uma vida”.

(Visited 1 times, 1 visits today)

Close