0 Shares 382 Views

Sussurrofone: colégio de Cascavel desenvolve projeto para incentivar a leitura

10 de maio de 2019
382 Views

 

Uma ideia simples, mas com múltiplos resultados, está transformando a relação dos alunos do Colégio Estadual do Campo Octávio Tozo, em Cascavel, com a leitura. Há um mês, os professores das disciplinas de Língua Portuguesa e Inglesa começaram a desenvolver atividades de leitura com um protótipo feito com canos de PVC que permite que os alunos ouçam a própria voz enquanto leem – o sussurrofone.

A iniciativa já é desenvolvida em escolas do Brasil e também do Exterior e incentiva o hábito da leitura de uma forma divertida. De acordo com a pedagoga Tânia Marisa Mantovani, com uso do sussurrofone os estudantes passam a fazer parte de um ambiente de letramento, imersão e diálogo criativo com a cultura e a escrita, gerando melhoras na fala, ritmo, fluência e entonação.

“Eles estão mais interessados pela leitura, mais concentrados durantes as aulas, e querem ler bem e mais”, disse Tânia.

LER E OUVIR – Um dos principais benefícios da atividade é proporcionar aos estudantes a oportunidade de ouvir a própria voz, controlar a entonação e corrigir possíveis erros de leitura. “Quando estamos lendo, conseguimos ouvir e perceber o que estamos errando e corrigir”, disse o aluno Sergio Antônio Thuscher, 12 anos, do 8° ano do Ensino Fundamental.

Seu colega de classe, Cristhian Iurczak Braga, 12 anos, lembrou que a atividade também permite melhorar a escrita. “Ouvindo o que estamos lendo conseguimos perceber detalhes que somente lendo em silêncio não conseguiríamos perceber”, contou Cristian.

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.