0 Shares 446 Views

Suspeito confessa que matou Rachel Genofre

25 de setembro de 2019
446 Views

O homem de 54 anos, Carlos Eduardo dos Santos, confessou que matou a menina Rachel Genofre em novembro de 2008, quando tinha nove anos. Seu corpo foi encontrado em uma mala na rodoviária de Curitiba com sinais de abuso sexual. Em depoimento na terça-feira (24), Santos afirmou que atraiu a garota fingindo ser um caçador de talentos de um programa infantil.

Carlos Eduardo dos Santos, 54 anos, preso desde 2016 em Sorocaba (SP): DNA dele corresponde ao material genético colhido em 2008 na investigação da morte da menina Rachel Genofre.

“Ele fez observações da rotina dela e disse para a Rachel que fazia parte de um programa infantil. Ela foi até o escritório dele, para assinar papéis. Ali, cometeu o ato sexual e, como ela começou a gritar e reagir, a matou. Afirmou ainda que o crime aconteceu no mesmo dia do ato sexual”, descreveu à Banda B a delegada Camila Cecconelo, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Segundo Cecconelo, a escolha por deixar o corpo na Rodoviária de Curitiba foi para não levantar suspeita. “É uma pessoa que tem várias passagens por estupro e atacava crianças com esta faixa etária”, apontou.

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.