por 13:55 Sem categoria

STF VAI JULGAR MINISTRO POR VENDA DE SENTENÇA

Por Laryssa Borges no Portal Terra:

Por oito votos a um, o Supremo Tribunal Federal (STF) aceitou denúncia contra o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Paulo Medina, afastado de suas funções desde o ano passado sob a acusação de vender sentenças judiciais. O ministro teve seu nome envolvido na Operação Furacão, da Polícia Federal, desencadeada em 13 de abril do ano passado. A aceitação da denúncia é o primeiro passo para que o ministro do STJ possa ser julgado pelos seus atos na Suprema Corte.

A maior parte dos ministros do Supremo concordou em abrir ação penal contra Paulo Medina pelos crimes de prevaricação (uso de cargo público para obtenção de vantagens pessoais) e corrupção passiva (cobrança de propina). Juntos, os dois crimes podem representar até 13 anos de prisão, além do pagamento de multa.  (Leia mais)

Fechar