Escrito por 10:19 Brasil, Foz do Iguaçu, Justiça, Política • One Comment

“Sou mais conhecida pelo trabalho e não por ser a primeira-dama”, diz Claudia

Compartilhe

claudia_131014

Com o marido Reni Pereira, prefeito de Foz do Iguaçu, Claudia Pereira (PSC) diz ter aprendido sobre política. Ela já foi assessora política na Assembleia Legislativa, quando o marido ocupava um mandato na Casa, e assumiu a Secretaria de Assistência Social da prefeitura da cidade no Oeste do estado. “Venho ajudando nos bastidores e nas campanhas de Reni desde 2002. Foram três mandatos. Eu o acompanhei nos municípios e aprendi os trâmites do trabalho na Assembleia. Conheço, inclusive, como funciona o trabalho da Comissão de Constituição e Justiça do Legislativo paranaense”, diz. As informações são da Gazeta do Povo.

Primeira mulher eleita deputada estadual por Foz, com 29.379 votos, Claudia tende a se ocupar mais das questões ligadas a segurança pública. “Desenvolvi projetos inéditos, como o trabalho com o Patronato Penitenciário, que visa à reinserção de presidiários. Uma equipe multidisciplinar auxilia na procura de trabalho e busca orientar para que as pessoas não reincidam em crimes”, comenta.

Claudia ressalta que sempre gostou de política, que é estimulada pelos resultados das ações que beneficiam a população e que não vai ficar atrelada à imagem do marido. “Onde passei, sou mais conhecida pelo meu trabalho e não por ser primeira-dama”, enfatiza.

Claudia é evangélica, formada em Direito e tem especialização na Lei de Responsabilidade Fiscal. Ocupando cadeira na Assembleia, ela pretende trabalhar em prol do desenvolvimento socioeconômico do estado e na área de ação social. “Um dos meus projetos será levar unidades móveis de exames de mamografia, que foi algo que já funcionou em Foz, para outras cidades do estado”, diz.

Close