por 11:10 Sem categoria

Site do PMDB no PR acusa juiz de corrupção

Um site mantido pelo PMDB de Curitiba divulgou nesta sexta-feira acusações contra o juiz federal Edgard Lippmann Júnior, do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), em Porto Alegre. O juiz é acusado no site de envolvimento em suposto esquema de venda de sentenças para favorecer a abertura de casas de bingo em Curitiba.
DIMITRI DO VALLE da Agência Folha, em Curitiba – Leia em Reportagens na íntegra

por 10:34 Sem categoria

Site do PMDB no PR acusa juiz de corrupção

Site do PMDB no PR acusa juiz de corrupção

DIMITRI DO VALLE
da Agência Folha, em Curitiba

Um site mantido pelo PMDB de Curitiba divulgou nesta sexta-feira acusações contra o juiz federal Edgard Lippmann Júnior, do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), em Porto Alegre. O juiz é acusado no site de envolvimento em suposto esquema de venda de sentenças para favorecer a abertura de casas de bingo em Curitiba.

As acusações são uma resposta do partido as decisões do juiz contrárias ao governador do Paraná, Roberto Requião. Lippmann multou o peemedebista em R$ 50 mil e o proibiu de usar a TV Educativa do Paraná para atacar desafetos.

O juiz disse por meio do advogado Jaceguay Ribas que vai entrar com ações por crime contra a honra e de indenização por danos morais contra os responsáveis pela divulgação das acusações. Ribas diz que seu cliente está sendo vítima de perseguição.

As acusações contra Lippmann foram colocadas na tarde desta sexta no site "Assuntos de Curitiba", mantido pela Frente Ampla Para Avanços Sociais, uma organização coordenada pelo presidente do PMDB de Curitiba, Doático Santos.

O site apresenta um depoimento do empresário e ex-deputado estadual Tony Garcia, preso entre novembro de 2004 e fevereiro de 2005 sob suspeita de crimes de gestão fraudulenta, sonegação fiscal, clonagem de veículos e evasão fiscal, além de ter sido citado como envolvido em suposto esquema de venda de proteção de suspeitos na CPI do Banestado, incluindo um ex-dono de casa de bingo de Curitiba.

No site, que acusa em manchete o juiz Lippmann de ter "ligações com atividades criminosas no Paraná", um depoimento de Garcia concedido em maio do ano passado à Polícia Civil do Paraná mostra o empresário colaborando com investigações sobre o funcionamento clandestino de casas de bingo no Paraná.

Garcia relata, segundo o site, um suposto esquema de corrupção envolvendo bingueiros de Curitiba, advogados e o desembargador Lippmann. O ex-deputado declara ter presenciado conversas sobre um esquema de favorecimento de liminares no TRF-4 para garantir a reabertura de bingos em Curitiba, entre 2003 e 2004, períodos em que o governo Requião reprimiu com ações policiais e judiciais o funcionamento dos estabelecimentos.

Lippmann, de acordo com o site, também seria o juiz para quem os pedidos de liminares dos advogados dos bingos eram direcionados. Um dos empresários que aceitou participar do esquema, cita o site, teve sua casa de jogos reaberta em uma semana depois que a ação chegou ao TRF-4. Outro relato diz que o juiz também conferia os recursos judiciais dos advogados antes que eles dessem entrada no tribunal.

Outro lado

O juiz federal Edgard Lippmann Júnior contratou um advogado para defendê-lo das acusações lançadas na internet. Jaceguay Ribas disse que iniciou nesta sexta o trabalho para identificar os responsáveis pelos ataques contra o juiz.

"São notícias mentirosas, completamente distorcidas", disse o advogado. Ribas afirma que a tentativa de "desacreditar" o juiz é um comportamento que "vai contra o sistema democrático". A campanha de difamação movida contra o juiz é danosa para todo o sistema jurídico, segundo ele. "O governo Requião estimula a população ao descumprimento de ordens judiciais."

Segundo o advogado, Lippmann já concedeu decisões que agradaram ao grupo de Requião. Numa delas, por exemplo, Ribas menciona que o processo de privatização da Copel (a companhia de energia do Paraná) foi suspenso. Por causa disso, o magistrado foi elogiado e recebeu de deputados na Assembléia o título de cidadão-honorário do Paraná. "Quer dizer que, quando a sentença é boa, ele é o melhor jurista do mundo, mas quando é ruim surgem dossiês para atacá-lo? É muito estranho".

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com