Senado aprova empréstimo de R$ 150 milhões para Cascavel 0 1

O Senado Federal autorizou nesta terça-feira, 19, a prefeitura de Cascavel a contratar operação de crédito externo, com garantia da União, com o Fundo Financeiro para o Desenvolvimento da Bacia do Prata (Fonplata), no valor de até US$ 27,5 milhões (R$ 150 milhões). Os recursos são para o financiamento da terceira etapa do programa Avança Mais Cascavel. De acordo com o relator da proposta, senador Oriovisto Guimarães (Podemos-PR), o foco do programa será em ações de saneamento básico, mobilidade urbana e desenvolvimento socioambiental.

“Cascavel passou por uma grande transformação nos últimos quatro anos com os programas de investimentos ‘Avança e Avançar Mais’. Agora vem o ‘Avançar Mais 2’ que consolida o novo modelo de gestão que posicionou o planejamento como  quarta melhor do Brasil”, disse o prefeito Leonaldo Paranhos (PSC).

Segundo Paranhos, o planejamento e o investimento em urbanismo feitos desde a implantação do PDI (Programa de Desenvolvimento Integrado) levaram Cascavel a saltar, de 2016 a 2020, da 35ª para a 4ª posição nacional do Ranking Connected Smart Cities. Para chegar ao ranking, foram coletados dados e informações de todos os municípios brasileiros com mais de 50 mil habitantes, totalizando 673 cidades.

Nos últimos quatro anos, Cascavel avançou e se tornou referência em questões ligadas ao urbanismo. O planejamento ganhou força nos bairros com ruas alargadas e revitalizadas. Até ruas “esquecidas”  em regiões mais afastadas do centro foram contempladas com obras de pavimentação.

O prefeito destaca que é preciso trabalhar ações de forma planejada e pensar as ações a longo prazo. “É por isso que estamos trabalhando o plano de mobilidade urbana e as ações serão implantadas após amplo estudo, pesquisa e planejamento estratégico. Trata-se de um investimento inteligente que vai nortear a cidade nas próximas décadas. Cascavel é uma cidade referência e não podemos trabalhar de forma improvisada”, afirma.

Previous ArticleNext Article

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bolsonaro vai assinar com TCE cooperação no uso de satélite na fiscalização de obras públicas 0 3


Informação foi confirmada pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, o astronauta Marcos Pontes

O presidente Jair Bolsonaro poderá vir ao Paraná nos próximos dias, para assinatura de um acordo de cooperação com o Tribunal de Contas do Estado (TCE-PR) para uso de satélites na fiscalização de obras públicas.

A informação foi confirmada ao presidente do órgão, conselheiro Fábio Camargo, pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marcos Pontes, ao justificar o adiamento do ato previsto nesta quarta-feira (24).

A agenda com Bolsonaro, que poderá ser em Curitiba ou em Brasília (DF), será organizada pelo deputado federal Filipe Barros. O parlamentar confirmou o encontro em uma ligação por videoconferência ao lado de Marcos Pontes, revelou o Blog do Zé Beto.

Na conversa, o presidente do TCE-PR aproveitou para agradecer ao ministro e à direção do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) pelo apoio. O uso de satélites pode economizar milhões em recursos públicos, antecipar as fiscalizações e acabar com os pagamentos antecipados de obras não concluídas ou que não estão seguindo os cronogramas de contrato.

Most Popular Topics

Editor Picks

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com