por 09:27 Sem categoria

Sem divisão

Os prefeitos têm de se contentar com o ponto percentual no FPM. Paulo Bernardo (Planejamento) descartou a divisão da CPMF com estados e municípios. Só no ano passado, a contribuição arrecadou R$ 32,5 bilhões.

Fechar