Escrito por 18:05 Economia, Justiça

SDD vai ao STF contra ‘maior roubo da história’

Compartilhe

O Solidariedade anunciou que vai entrar hoje no STF para pedir a suspensão imediata da utilização da TR na correção das contas do FGTS e a substituição por um índice inflacionário, como o IPCA. “As diferenças de correção vêm gerando uma perda de bilhões de reais para os trabalhadores desde 1999″, disse o presidente do SDD, deputado Paulinho da Força.“É o maior roubo da história do país.”

A ação vai questionar a aplicação da TR a partir de 1999 na correção das contas. A estimativa é de que as perdas cheguem a 88,3% em cada conta. Alguém que tinha R$ 1 mil na conta do FGTS em 1999, hoje teria R$ 1.340,47 pela correção da TR. Com a aplicação de um índice inflacionário na correção, o valor chegaria a R$ 2.586,44.

Milhares de ações já tramitam em tribunais de todo o país pedindo a correção maior. Em nota divulgada no começo de fevereiro, a Caixa Econômica Federal informou que, até o momento, foram ajuizadas 39.269 ações contra o FGTS.”Foram proferidas 18.363 decisões favoráveis ao critério de correção aplicado pela Caixa/FGTS. A Caixa recorrerá de qualquer decisão contrária ao Fundo de Garantia”, diz Paulinho da Força.

Close