0 Shares 293 Views

Santin planeja União da Vitória para 2030

31 de janeiro de 2018
293 Views
Santin planeja União da Vitória para 2030

O prefeito Santin Roveda adiantou nesta quarta-feira, 31, que União da Vitória passou a integrar o programa de atração de investimentos do Estado que terá com foco principal o desenvolvimento econômico voltado a criação de novos empregos nas mais diversas áreas da produção e de serviços. “Vamos fazer um planejamento de investimentos para União da Vitória até 2030, atraindo novas empresas e criando mais empregos para os moradores da cidade”, disse Santin Roveda.

Criado em 2014 e coordenado pela Agência de Paraná Desenvolvimento, órgão do Governo do Estado, o Programa Municipal de Investimentos (PMAI) é realizado em duas etapas e vai orientar a prefeitura na construção de estratégias para atração de novos investimentos. Além de garantir segurança ao investidor, o programa vai auxiliar na melhoria do ambiente de negócios, tornando-os mais atrativos e eficientes.

“Há cadeias produtivas que podem ser ampliadas como a da madeira, mineração, produção de fios e cabos. Vamos definir ainda novas matrizes econômicas como inovação, novas tecnologias e outros tipos de serviços que podem ser prestados dentro das potencialidades e características próprias da cidade”, disse Santin Roveda durante a primeira reunião da equipe técnica da APD na prefeitura de União da Vitória. A próxima reunião será em 15 de março.

Etapas – Segundo Santin, a primeira etapa do programa prevê um diagnóstico socioeconômico do município, mapeamento de demandas e gargalos por meio de oficinas e a elaboração de um plano de promoção do desenvolvimento econômico sustentado para União da Vitória. “Precisamos planejar a cidade para os próximos 12 anos e não somente durante os quatro anos do nosso governo”, disse.

A segundo fase do programa contempla o plano de atração de novos investimentos, a seleção dos setores prioritários e estruturação de propostas, mapeamento das cadeias produtivas, definição das vocações econômicas da cidade e da estratégia para atração de novos investimentos empresariais.

Santin destaca que União da Vitória está entre as 50 melhores cidades para se viver no Brasil porque oferece qualidade à população, mas que precisa planejar a cidade para um novo ciclo de desenvolvimento econômico e social. “Vamos aliar o bem estar, a segurança e os bons serviços públicos prestados às potencialidades de crescimento da cidade. Esta será a União de Vitória 2030”, disse.

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.