Written by 17:09 Curitiba • 2 Comments

Salamuni adere a causa gay e irrita bancada evangélica‏

2105salamuni

das Notas Políticas/Gazeta do Povo

O presidente da Câmara de Vereadores de Curitiba, Paulo Salamuni (PV), se desentendeu com a bancada evangélica na sessão de ontem. Os vereadores discutiam um título de cidadão honorário para o pastor Marcelo Bigardi quando Salamuni suspendeu a sessão para que militantes da causa LGBT fizessem uma apresentação sobre violência contra homossexuais.

A suspensão não agradou parte dos vereadores, que se retirou do plenário. Segundo o vereador Pastor Valdemir Soares (PRB), o esvaziamento não foi motivado pelo tema da apresentação, e sim pela atitude “arbitrária” e “antidemocrática” de Salamuni ao suspender a sessão. Salamuni justificou a atitude como forma de evitar que os convidados falassem para um plenário vazio.

 

(Visited 7 times, 1 visits today)

Close