por 09:35 Sem categoria

RPC chora de saudade de Jaime Lerner

RPC chora de saudade de Jaime Lerner

Os números exibidos pelo deputado Marcelo Magrão Rangel a respeito dos gastos com publicidade no governo Requião foram artificialmente inflados devido a interesses políticos bem específicos.

Ainda assim, eles empalidecem diante dos valores espantosos gastos durante os dois governos de Jaime Lerner com propaganda. Basta conferir.

De acordo com informações publicadas pela jornalista Ruth Bolognese na sua coluna de ontem, Jaime Lerner gastou em propaganda quase R$ 1 bilhão no seu primeiro mandato. “Pelos dados atualizados pelo índice oficial, em poder da Procuradoria Regional Eleitoral de Curitiba, entre 1995 e 1998, Lerner esbanjou R$ 813 milhões e uns quebrados em promoção dele e do Governo dele”, aponta a jornalista.

Já no segundo mandato de Lerner (1999-2002), gastou-se uma fábula. Em 1999, segundo números atualizados pelo IPC do Ipardes, torrou-se R$ 65.85.131,77. Em 2000, a virada do milênio foi uma farra inesquecível para alguns veículos de comunicação, o gasto foi de R$ 121.801.516,40 (mais de R$ 10 milhões por mês!).

Em 2001, a odisséia espacial dos gastos de propaganda teve uma ligeira queda, ainda assim foram para o espaço R$ 94.181.282,45. Em 2002, ano eleitoral, novo salto em gastos com publicidade. Lerner se despediu do governo torrando R$ 123.440.728,00. Ou seja, em valores atualizados, em seu segundo mandato, Jaime Lerner gastou nada menos que R$ 405.282.204,62.

Somados os gastos dos dois mandatos, o ex-governador torrou estratosféricos R$ 1,2 bilhão em verbas publicitárias.

Uma questão que poderia estar intrigando os menos avisados é o motivo pela qual a RPC – Rede Paranaense de Comunicação, que reúne as repetidoras da Rede Globo e o jornal Gazeta do Povo, se encarniçam tanto contra este hora H e com a questão das verbas de publicidade de Requião.

O motivo é simples. Da mesma forma que o poeta Mário Lago tinha saudades da Amélia – “Ai, meu Deus, que saudades da Amélia/ Aquilo sim que era mulher de verdade…” – o grupo RPC não se agüenta de saudades do Jaime Lerner. Aquilo sim é que era propaganda de verdade.

Só no segundo mandato de Jaime Lerner a RPC abocanhou, em valores atualizados, R$ 47.748.371,33. Desse generoso valor, R$ 35.219.476,05 correspondem aos gastos com a TV Paranaense e demais repetidoras e R$ 12.528.895,28 com o jornal Gazeta do Povo. Dá vontade de chorar de saudade.

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com