0 Shares 211 Views

Richa vai construir mais 30 mil casas

9 de abril de 2014
211 Views

O governador Beto Richa assinou ontem convênio com a Cohapar e a Federação Nacional dos Trabalhadores nas Cooperativas no Brasil para construção de 30 mil casas às famílias, com renda mensal até seis salários mínimos, atendidas pelos sindicatos vinculados à entidade em todo o Paraná. “Mais uma vez o Paraná é exemplo nacional de compromisso com a moradia e com os trabalhadores. Estamos garantindo a dignidade através da moradia própria”, disse Beto Richa.

O Paraná é o primeiro estado a assinar convênio com a Fenatracoop. A assinatura contou a presença dos presidentes Mauri Viana Pereira (Fenatracoop) e Mounir Chaowiche (Cohapar). As casas serão construídas com recursos do Fundo de Arrendamento Residencial e do FGTS. Richa lembrou que o Paraná tem como meta atender 110 mil famílias com projetos habitacionais. Em três anos, os investimentos na área somam R$ 4,5 bilhões.

A meta de casas rurais para o campo, de 10 mil unidades, já foi superada antes do prazo, chegando já a 12 mil unidades. “Estamos fazendo uma revolução na habitação do Paraná, reduzindo o déficit habitacional do estado. Nosso governo tem compromisso com habitação”, disse o governador.

Viana Pereira explica que as principais necessidades dos trabalhadores ligados a federação é na saúde e moradia. “Há mais de 20 anos não havia um projeto como esse, gerenciado pelo governo estadual, que garantirá aos nossos trabalhadores uma boa casa próxima do serviço”, disse. Ele contou que em cooperativas do interior do Paraná muitos trabalhadores têm que se deslocar grandes distâncias até o trabalho, diariamente. “Nosso objetivo é garantir a casa perto do serviço, proporcionando mais qualidade de vida”, afirmou.

A entidade representa 650 mil trabalhadores no Brasil – 75 mil no Paraná. A partir da assinatura do convênio, serão analisadas as necessidades de subvenção financeira por parte do governo estadual, serviços da Copel e Sanepar. A Cohapar prestará assistência técnica na elaboração de projetos de construção e de urbanismo.

“Agora, no Paraná os trabalhadores realizarão o sonho da casa própria”, disse Chaowiche. Ele adiantou que o governo estadual, em parceria com a Caixa Econômica Federal, tem projetos habitacionais em andamento nos 399 municípios paranaenses.

De acordo com Ubiraci Dantas de Oliveira, presidente da CGT, a medida deve reverter o grande déficit habitacional existente entre os trabalhadores. “Essa é uma ação pioneira, que garante cidadania para esses trabalhadores que ainda não têm uma casa própria. É uma demonstração de respeito que deve servir de exemplo para outros estados”, disse.

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.