0 Shares 321 Views

Richa paga dívidas de Alvaro e Requião com professores

20 de outubro de 2017
321 Views

O governador Beto Richa liberou o pagamento de R$ 550 milhões para mais de 33 mil professores da rede estadual. A medida põe fim a uma ação ajuizada há 28 anos por professores contratados pelo regime CLT, entre os anos de 1989 e 1992 (governos Alvaro Dias e Roberto Requião), que se refere às diferenças salariais em relação ao piso do magistério estadual.

A solução para o pagamento das indenizações foi acordada entre a Procuradoria-Geral do Estado, a APP-Sindicato e a Justiça do Trabalho e prevê que a dívida será quitada ainda nesta gestão aos professores que, individualmente, aderirem ao acordo.

Este é o maior acordo judicial, em termos de valores e pessoas beneficiadas, já feito no Paraná. “É um grande anúncio, que beneficia 33 mil professores, que tiveram perdas salariais e aguardavam por essa decisão há 28 anos. Aceleramos este acordo com o Tribunal Regional do Trabalho e agora começam as tratativas com os professores”, afirmou o governador.

“É mais uma demonstração de como o nosso governo prioriza a educação. A solução é parecida com o caso da Vizivali, que se arrastava há anos e foi resolvida logo no início da nossa gestão”, afirmou.

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.