por 11:16 Beto Richa

Richa autoriza consórcios a iniciar estudos da ferrovia que ligará Paraná ao Mato Grosso do Sul

Richa autoriza consórcios a iniciar estudos da ferrovia que ligará Paraná ao Mato Grosso do Sul

O governador Beto Richa autorizou nesta quarta-feira (21) a abertura dos estudos de engenharia e de viabilidade técnica, ambiental e econômica para implantação de uma nova ferrovia, com cerca de 1.000 quilômetros de extensão, que ligará o Porto de Paranaguá a Dourados, no Mato Grosso do Sul.

A assinatura do termo técnico teve a presença dos representantes das empresas habilitadas para o trabalho e representantes do Banco Mundial. Quatro consórcios vão fazer os levantamentos necessários para a implantação do novo ramal ferroviário. “É uma ferrovia que não precisará inventar demanda. Ela vai transportar as riquezas do agronegócio produzidas não só pelo Paraná, mas também pelo Mato Grosso do Sul, facilitando o escoamento até o Porto de Paranaguá. Além disso, também vai conduzir parte da produção do Paraguai e da Argentina”, disse Richa.

A obra da nova ferrovia está dividida em dois trechos. O primeiro tem 400 quilômetros e liga Guarapuava ao Litoral do Paraná. O segundo vai de Guarapuava até Dourados (MS), passando por Guaíra, com a construção de mais 350 quilômetros de trilhos.

Fechar