por 17:06 Brasil, Economia

Ricardo Barros defende +1% de FMP aos municípios, mas no “melhor momento”

Ricardo Barros, o líder do governo Bolsonaro na Câmara, defendeu nesta terça-feira (22) a aprovação de uma proposta que aumenta repasses para os municípios e é considerada pela equipe econômica um risco fiscal para a União.

Em post nas redes sociais, o deputado do PP paranaense afirmou que não é o “melhor momento” para a aprovação do projeto, uma PEC que dá 1% a mais de FPM aos municípios e “impactará o orçamento 2021 em RS 700 milhões”.

Ainda assim, segundo Barros, a ideia está no “DNA liberal” do governo e na sua defesa de “mais Brasil e menos Brasília”. Segundo O Globo, a aprovação da PEC custaria ao governo federal aproximadamente R$ 35 bilhões em uma década.

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com