Escrito por 17:08 Brasil, Foz do Iguaçu

Revolta argentina: Atriz causa polêmica ao carregar tocha em Foz do Iguaçu

Compartilhe

Revolta argentina: Atriz causa polêmica ao carregar tocha em Foz do Iguaçu

UOL

Nova polêmica no revezamento da tocha dos Jogos Olímpicos Rio-2016. E, desta vez, entre os estrangeiros. Atletas e dirigentes argentinos não gostaram de ver a atriz e compatriota Calu Rivero percorrendo os 200 metros do percurso em Foz do Iguaçu (PR).

Nas redes sociais, eles demonstravam toda a revolta em ver uma artista ocupando a vaga que, para eles, deveria ser de um representante olímpico. Em poucos minutos, centenas de manifestações contrárias à participação de Calu no revezamento inundavam a internet.

Muito criticado e apontado como culpado pelo fato polêmico, o presidente do Comitê Olímpico Argentino (COA), Gerardo Werthein, negou que tenha participação no convite à atriz.

“O Comitê Olímpico Argentino nomeou apenas Sebastian Crismanich [do taekwondo] para carregar a tocha em 10 de julho”, esclareceu o dirigente, se esquivando da polêmica.

Este não é o primeiro caso envolvendo artistas no revezamento. No último dia 7, a ex-BBB Ana Paula dividiu opiniões ao conduzir a tocha. Muitos criticaram o fato de a artista não ter relação com o esporte, enquanto outros atletas eram esquecidos.

Close