Escrito por 10:30 Política, Roberto Requião

Requião diz que “dois terços do Congresso” são ladrões

Requião - Lava Jato
Compartilhe

O senador Roberto Requião fez um vídeo criticando a postura “arrogante” do procurador Deltan Dallagnol, chefe da força-tarefa da Lava Jato, que estaria tentando generalizar as acusações de corrupção contra toda a classe política. As informações são de Rogérfi.

No vídeo, Requião diz ter sido “um dos maiores entusiastas” do início da Lava Jato, mas acha que a operação, apesar de ser importante, comete abusos. E diz que fez o vídeo para alertar Dallagnol e os demais procuradores sobre essa postura de “falsa santidade”.

>>> Requião e PT: idas e vindas de uma química complicada <<<

Requião afirma que Dallagnol é “um homem de sorte”. “Ele sabe que existe mesmo no Congresso Nacional um bando de vigaristas, de ladrões do patrimônio público. Algo como dois terços do plenário, todos comprados pelo governo”, disse.

Mas ressaltou que existem “centenas, milhares” de políticos sérios, e que portanto Dallagnol não poderia afirmar que todos os prefeitos e governadores estão mais interessados em seus próprios objetivos do que no interesse coletivo da população.

Requião termina o vídeo comparando os procuradores a Girolamo Savonarola, o religioso florentino do século quinze que, depois de acusar hereges e mandá-los para a fogueira, acabou queimado ele mesmo por ordem do papa.

Close