Written by 19:08 Sem categoria • One Comment

Reni debate com vereadores a realização dos X Games 2013 em Foz do Iguaçu

O prefeito Reni Pereira recebeu, na manhã desta quinta-feira (31), o presidente da Câmara, Zé Carlos, e uma comitiva de vereadores para debater a realização dos X Games 2013, no mês de abril em Foz do Iguaçu. Participaram da audiência Anice Gazzaoui, Dilto Vitorassi, Paulo Rocha, Beni Rodrigues, Gessani, Hermógenes de Oliveira, Luiz Queiroga, Rudinei de Moura, Fernando Duso e Marino Garcia.

No encontro, Reni relatou sua viagem a Aspen, nos Estados Unidos, ocorrida no início desta semana. O prefeito fez parte da comissão composta por membros do Ministério do Esporte e Secretaria Estadual de Esporte que trata da realização dos Jogos X-Games em Foz do Iguaçu, a se realizar no período de 18 a 21 de abril deste ano. A comitiva brasileira recebeu as chaves para os X-Games 2013.

Reni destacou a importância do evento, uma vez que a cidade vai sediar a etapa da América Latina. “Para se ter uma ideia, a competição atinge 430 milhões de lares (transmissão da ESPN). Somente em Aspen (circuito de inverno) o evento movimentou US$ 100 milhões (cerca de R$ 220 milhões)”.

“O campeonato de esportes radicais coloca nosso município no circuito internacional do maior evento de esportes radicais do mundo. Constatamos as necessidades logísticas, dimensionamento do evento, uso da tecnologia para receber os jogos, além das atribuições que teremos. Vamos consolidar os X-Games em Foz”, observou o prefeito.

Em Foz do Iguaçu serão 15 competições, compreendendo Skate, MotoX, BMX e Rally Cross. Serão construídas três arenas para as competições. Além dos melhores atletas de esportes de ação do mundo, os locais serão palcos de atrações culturais, como exibição de filmes e shows.

Dívida herdada
Após o relato da viagem, o prefeito explanou aos vereadores a difícil situação financeira pela qual a nova administração está atravessando e as ações administrativas que estão sendo encaminhadas para equilibrar os cofres públicos. A dívida de curto prazo herdada pela gestão atual gira em torno de R$ 100 milhões. Um dos primeiros atos de Pereira foi declarar moratória das dívidas da prefeitura.

Diante do atual quadro, a Câmara dos Vereadores está realizando sessões extraordinárias (ainda no período de recesso parlamentar) a fim de encaminhar para parecer das comissões e para votação os Projetos de Lei encaminhados pelo prefeito.

Desde o início da nova gestão na Câmara, já foram realizadas quatro sessões extraordinárias, nas quais foram aprovados em 1ª e 2ª discussão o Programa de Incentivo ao 1º Emprego (Ficar em Foz); verba de gabinete; Programa de Recuperação Fiscal (RefisFoz 2013) e reorganização de carreiras funcionais da Fundação Cultural de Foz do Iguaçu.

Todos os vereadores presentes declinaram apoio, emitiram suas opiniões e fizeram sugestões para o prefeito. O presidente do Legislativo, vereador Zé Carlos, destacou: “O município está passando por uma situação financeira extremante difícil e nossos esforços devem convergir para o bom-senso e o trabalho conjunto”, finalizou.

(Visited 1 times, 1 visits today)

Close