por 16:57 Sem categoria

Reforma agrária na Lagoa da Prata

Mais uma colaboração de leitor: o Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) é criticado por fazendeiros como Osmar Dias pelo valor que paga nas desapropriações. Eles sempre acham que vale mais, e muitas vezes podem estar certos. No caso do município de Formoso do Araguaia, o valor médio da desapropropriação é de R$ 1.343,00 o hectare, podendo chegar a R$ 1.653,00, o que é muito pouco para os amigos do senador.

Para Osmar Dias seria o melhor negócio do mundo. Com 8.325 hectares, a Lagoa da Prata poderia ser passada para a reforma agrária pela bagatela de R$ 13.761.225,00. Osmar Dias poderia se livrar do constrangimento de ser um latinfundiário e de ter investido em outro estado e ainda entraria para a história como um dos raros fazendeiros que não foram à justiça para rever o valor da indenização do Incra.

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com