por 12:00 Sem categoria

Rede vai pressionar por avanços no Transporte Coletivo

Uma mensagem do prefeito Beto Richa (PSDB) descansa tranquila na Câmara de Vereadores desde o mês de agosto de 2006. Diz respeito a realização de licitação para operação das linhas de transporte coletivo na capital. As atuais concessões estão de há muito vencidas. Em função disso, a Rede Assuntos de Curitiba prepara uma rodada de debates e mobilização para que a mensagem prefeitural aporte ao plenário do legislativo municipal e seja devidamente aprovada. – de Doático Santos. Leia a nota na íntegra em Reportagens.

por 11:57 Sem categoria

Rede vai pressionar por avanços no Transporte Coletivo

Rede vai pressionar por avanços no Transporte Coletivo

Uma mensagem do prefeito Beto Richa (PSDB) descansa tranquila na Câmara de Vereadores desde o mês de agosto de 2006. Diz respeito a realização de licitação para operação das linhas de transporte coletivo na capital. As atuais concessões estão de há muito vencidas. Em função disso, a Rede Assuntos de Curitiba prepara uma rodada de debates e mobilização para que a mensagem prefeitural aporte ao plenário do legislativo municipal e seja devidamente aprovada.

A situação atual, especialmente no plano tarifário, vem sido mantida artificialmente, sendo mensalmente, custeada em parte, pelo tesouro municipal. Isto implica dizer que o custo total do sistema uma vez rateado exclusivamente pelos usuários geraria uma tarifa bem mais alta que os atuais R$ 1,80. Não resolvida esta questão, de uma hora para outra, poderemos nos deparar com aumentos exorbitantes.

Garantia da consolidação de uma tarifa suportável, apenas com a realização de uma licitação, aberta a empresas de todo o país, ratificando assim uma política de custos assegurada contratualmente.

Os vereadores desdenharam a intenção do prefeito, exposta na mensagem de agosto de 2.006, e sentaram em cima desse documento que define a realização imediata de licitação.

Para demonstrar que os avanços são possíveis, acompanhamos a determinação do governador Roberto Requião, através da Comec, empresa gerenciadora do transporte na Região Metropolitana, de realizar o processo licitatório para operação do sistema para a Grande Curitiba. Essa posição vai tornar inquestionável a licitação na capital.

Para a Rede Assuntos de Curitiba, o debate e a mobilização do movimento social em torno desse tema, passa a ser prioridade absoluta. Nos próximos dias estaremos expondo esta posição ao Secretário de Estado do Desenvolvimento Urbano, Forte Neto e ao Diretor Presidente da Comec, Alcidino Pereira. Dessas conversas definiremos o cronograma para o tratamento dessa questão de alto interesse público, não só para a população curitibana, mas, para a população de toda a região metropolitana.

Curitiba, 21 de março de 2.007

Doático Santos – Coordenador da Rede Assuntos de Curitiba

Fechar