Written by 7:59 Sem categoria • 6 Comments

Quem administra o TJ é a cúpula, o povo não sabe de nada, afirma o presidente

“Quem administra é a cúpula do tribunal (de Justiça do Paraná), não é o povo, que não tem informação nenhuma sobre a administração e que não pode dizer se é caro ou se é barato”.

A declaração é do presidente Miguel Kfouri, justificando o gasto de quase R$ 7 milhões com a compra de 90 Renault Fluence (ao custo de R$ 4,5 milhões), a contratação de 74 motoristas (ao custo de R$ 2,7 milhões) para levar os desembargadores de casa ao trabalho e vice versa, além de acessórios como vidro fumê e cadeirinhas para bebês.

“Se for atentar para o que o povo acha, não administra”, arredondou Kfouri, revela Rogério Galindo.

Não faz nem cócegas no orçamento do TJ. Como assim?

“Tem que ver o montante do orçamento do tribunal, que é de R$ 1,2 bilhão. Além disso, temos mais R$ 360 milhões do Funrejus [Fundo de Reequipamento do Poder Judiciário]. Ponha R$ 2,6 milhões nesse contexto. É uma gota d´água”.

E La Nave Va.

(Visited 5 times, 1 visits today)

Close