0 Shares 233 Views

PT pagou despesas de mensaleiro com fundo partidário

22 de maio de 2014
233 Views

PT pagou despesas de mensaleiro com  fundo partidário

Painel, Folha de S. Paulo

A assessoria técnica do TSE recomendou a rejeição das contas do PT em 2008. Entre as irregularidades apontadas está um repasse de R$ 320 mil ao publicitário Marcos Valério com recursos do fundo partidário. O parecer diz que “não foram identificados os documentos fiscais nem a descrição dos serviços prestados” para justificar o repasse. O dinheiro foi depositado na conta da filha do pivô do mensalão, Nathalia Santiago Souza, identificada como procuradora do pai.

Documentos protocolados no TSE registram que o pagamento foi feito em oito parcelas de R$ 40 mil de 28 de março a 22 de dezembro de 2008. A direção petista reconheceu uma dívida de R$ 400 mil com Valério em acordo judicial na 7ª Vara Cível do Distrito Federal.

O grupo técnico do TSE recomenda que o PT devolva o dinheiro. Foram encontradas outras irregularidades nas contas do partido em 2008, como R$ 856 mil com “ausência de documentos comprobatórios” de despesas com o fundo partidário.

Questionado pela coluna sobre o repasse a Valério, o secretário de Finanças nacional do PT, João Vaccari Neto, respondeu: “Todas as prestações de contas do PT são apresentadas ao TSE conforme determina a legislação em vigor. Todos os contratos do PT com os seus fornecedores obedecem às normas legais e devem ter o seu sigilo fiscal preservado”.

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.