por 16:30 Sem categoria

PSC quer atingir cota de 30% para candidatura de mulheres em 2010

PSC quer atingir cota de 30% para candidatura de mulheres em 2010

O Partido Social Cristão (PSC) pretende atingir, nas próximas eleições, a cota de 30% de candidatas mulheres estipulada pela legislação eleitoral. Segundo a presidente estadual das Mulheres, Dila Kunzler, a legenda deve lançar ao menos quatro candidatas à Assembléia Legislativa e Câmara Federal em 2010, de acordo com o plano de expansão política e de valorização das mulheres pelo partido.

Dila participou neste sábado (12), em Curitiba, do 1º Encontro Estadual do PSC. Coordenado pelo presidente estadual do partido, o deputado federal Ratinho Junior, o evento reuniu lideranças, correligionários e simpatizantes.

O encontro contou ainda com a presença de várias personalidades da política do Paraná e do Brasil, como o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo (PT), o senador Osmar Dias (PDT) e o vice-governador paranaense, Orlando Pessuti (PMDB).

Mulher na política
Presidente da ala feminina em nível estadual, Dila lidera a campanha de fortalecimento da mulher na política lançada pelo PSC no Paraná. O movimento busca reconhecer e incentivar novas lideranças femininas a ingressarem na política por meio da filiação à legenda.

“O PSC Mulher quer mais mulheres participando da política no Brasil, pois de nada adianta querer mudar o mundo e permanecer de braços cruzados esperando que algum homem nos chame a participar", disse em entrevista ao jornalista Júlio Cesar Fernandes de O Paraná.

O prazo final para filiação de candidatos (as) termina no próximo dia 2 de outubro, um ano antes do primeiro turno das próximas eleições. Por causa disso, Dila deverá intensificar os contatos com as lideranças femininas em busca de novas filiações ao partido.

Indicações das Executivas
“Ainda temos várias reuniões e encontros marcados em todo o Paraná com as Executivas Municipais, que, na verdade, já têm os nomes e suas indicações pré-definidas para possíveis candidaturas à Assembléia Legislativa e Câmara Federal”, disse.

O processo agora, segundo Dila, é analisar com a direção estadual a viabilidade dessas prováveis candidaturas femininas e traçar diretrizes de apoio partidário para as eleições do ano que vem.

O PSC cresce estrategicamente dentro do projeto de expansão da legenda no Paraná e no Brasil. Para exemplificar, o partido tinha apenas 30 vereadores em todo o estado antes das eleições do ano passado.

Hoje, o PSC conta com seis prefeitos, 13 vices e 131 vereadores. “No caso das mulheres, o projeto segue a mesma linha de valorização, fortalecimento e expansão das lideranças proeminentes no Estado”, complementou Dila. (Assessoria de Imprensa PSC – Pedro Lichtnow)

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com