0 Shares 130 Views

PSB faz encontro estadual em Cascavel

7 de novembro de 2019
130 Views

O PSB faz neste sábado,9, em Cascavel, um encontro estadual chamado de seminário de autorreforma preparatório à conferência nacional que será no final de novembro no Rio de Janeiro. “É muito importante a participação de todos, principalmente nesse momento em que o Congresso Nacional recebe mais três propostas de emendas da constituição do governo federal que vão impactar de forma direta no nosso cotidiano”, disse o deputado Romanelli, vice-presidente estadual do PSB.

O encontro, que começa às 8h na Câmara de Vereadores, terá a presença dos presidentes Carlos Siqueira (nacional) e Severino Araújo (estadual), além do vice-presidente da Fundação João Mangabeira, Alexandre Navarro; e do presidente da comissão estadual da autorreforma, Paulo Bracarense – coordenador da fundação estadual.

Romanelli afirma ainda que o PSB já votou contra a reforma trabalhista e a reforma da previdência “porque retiraram e retiram os direitos dos trabalhadores e penalizam pessoas mais pobres”. “Eu também tenho certeza que seremos contra essa estapafúrdia proposta de extinção dos municípios com menos de 5 mil habitantes. Só no Paraná pretende-se acabar com 64 cidades”.

“Nós temos que ter uma posição firme contra o avanço do conservadorismo na pauta nacional e o encontro do PSB em Cascavel será balizador do encontro nacional que será realizado neste final do mês de novembro”, completa Romanelli.

Reflexão – O deputado Aliel Machado ressalta que o partido faz uma reflexão para contribuir na mudança do sistema político e partidário brasileiro que passa por profunda crise. “Passamos por um momento de crise política, de negação dos partidos, e é preciso mudança, renovação e comprometimento. O PSB propôs agora uma autorreforma. Uma discussão sobre os problemas graves da sociedade, sobre a crise econômica, a crise de emprego e a crise ética, da falta de representatividade e legitimidade da política”.

“O PSB quer dialogar com a sociedade e os seus filiados e mostrar que é possível fazer as transformações necessárias que o Brasil precisa”, afirmou Aliel Machado.

A autorreforma faz parte de debate nacional, interno e externo ao partido, que se finalizará com a atualização do programa e do manifesto do PSB, que datam de sua fundação em 1947. “Se não tivermos uma renovação de todo o sistema político, e uma reação, chegaremos a 2022 em situação ainda mais grave. Lamentavelmente, não estamos vendo uma reação a altura à atual crise, e essa ausência de reação nos levou a convocar essa autorreforma como uma maneira de contribuir para uma mudança no sistema político brasileiro, que não está funcionando”, afirmou Siqueira,

Autorreforma

Na reunião, o presidente destacou a importância da participação, interação e contribuição dos parlamentares federais e estaduais, vereadores, prefeitos e governadores do PSB neste processo. “Essa autorreforma é para que a gente possa, no futuro, ser um partido que as pessoas olhem e saibam claramente o que defendemos, quais são as nossas bandeiras, e saibam também o que seus parlamentares defendem”, afirmou.”

O presidente do PSB de Cascavel, Marcos Vinicius, reiterou a preocupação de forma com que a sociedade está hoje enxergando a política e os partidos. “O PSB se propõe a analisar os seus estatutos e práticas políticas para que efetivamente ir ao encontro dos anseios da sociedade. E nesse sentido, será promovido no final de novembro, na cidade do Rio de Janeiro, o seminário nacional, o encontro nacional do PSB para discutir essa autorreforma.

“Vamos fazer uma autocrítica, autoanálise, uma readequação do partido à realidade do país para que possamos, com mais efetividade, dar a nossa contribuição ao desenvolvimento social que todos nós precisamos”.

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.