por 23:42 Sem categoria

PROFESSORES ESTADUAIS TERÃO REAJUSTE SALARIAL EM MAIO, ANUNCIA ROMANELLI

PROFESSORES ESTADUAIS TERÃO REAJUSTE SALARIAL EM MAIO, ANUNCIA ROMANELLI

O líder do Governo na Assembléia Legislativa, Luiz Claudio Romanelli, destacou nesta quarta-feira (16) a determinação do governador Roberto Requião em adiantar o reajuste salarial de 17,04% aos 57 mil professores já para maio

O líder do Governo na Assembléia Legislativa, Luiz Claudio Romanelli, destacou nesta quarta-feira (16) a determinação do governador Roberto Requião em adiantar o reajuste salarial de 17,04% aos 57 mil professores já para maio. Romanelli disse que o reajuste “é mais uma conquista dos professores e reflete o compromisso do governo Requião com o funcionalismo público e com os trabalhadores do Paraná”.

Romanelli lembrou que a categoria dos professores estaduais, a maior do funcionalismo público, foi a primeira que teve os salários recuperados pelo governo Requião depois de oito anos de terceirização da educação pública no Paraná. “Os professores tiveram o plano de cargos, carreira e salários próprio e conquistaram, com este último reajuste, um aumento médio de 55,87%”. O reajuste atende 55.858 professores que ocupam um total de 68.030 cargos. A folha de pagamento da Secretaria da Educação – a maior do Estado – representa R$ 116 milhões mensais, dos quais R$ 96 milhões são pagos mensalmente aos salários dos professores.

O anúncio do reajuste foi feito durante almoço, no Palácio das Araucárias, do governador com os deputados da base aliada. “Fizemos uma avaliação, um esforço e acabo de determinar à Secretaria de Administração que rode a folha dos professores em maio com o aumento de 17,04%. As outras categorias receberão a correção na medida em que a arrecadação do Estado possibilite, mas os professores receberam em maio”, disse Requião aos deputados.

Requião reiterou que o projeto que terá sua redação final votada ainda nesta quarta-feira pelos deputados estaduais garante ainda o 1º de maio como data de revisão salarial para os 207 mil servidores estaduais. “A partir de agora, em maio, o Estado do Paraná fará, a correção de todos os salários. É uma data-base reivindicada pelos professores há décadas e pelo conjunto do funcionalismo também. Agora nós temos a data-base”.

O governador ainda destacou o empenho do Governo do Estado na estruturação, recuperação e valorização das carreiras dos servidores estaduais. “Nós fizemos todo o possível. Nós pegamos um estado com 10 anos de defasagem salarial. Todas as carreiras estavam desestruturadas. Agora, todas as carreiras estão estruturadas e os salários corrigidos. E essa era a nossa obrigação e nosso compromisso: o funcionário público valorizado na medida das possibilidades do erário”.

A secretária de Administração, Maria Marta Lunardon, disse aos deputados que a lei aprovada na Assembléia Legislativa é importante e inovadora porque usa de critérios e de metodologia especifica para cada categoria que compõe o funcionalismo estadual. “A determinação do governo Requião mais uma vez demonstra o respeito com o funcionalismo publico, aquele funcionalismo que tem o comprometimento para o desenvolvimento das políticas públicas e prestação do bom serviço a população”, disse.

Maria Marta destacou ainda que no segundo mandato do governo Requião (2003-2006), a Secretaria de Administração trabalhou na reestruturação de tabelas de todas as categorias. “Agora, estamos fazendo um esforço enorme sob o ponto de vista financeiro, sob ponto de vista orçamentário para estabelecer critérios de correção de salários”.

Fechar