Escrito por 14:35 Brasil, Litoral, Política

Presidente da Câmara de Paranaguá é condenado por Nepotismo

Marquinhos Roque é irmão do prefeito de Paranaguá, Marcelo Roque. Na semana passada a reportagem da TVCI, emissora local, mostrou que as famílias do prefeito e do vice custam R$ 1,5 milhão aos cofres públicos

O juiz da Vara da Fazenda Pública de Paranaguá, Rafael Kramer Braga, condenou o presidente da Câmara de Vereadores de Paranaguá, Marquinhos Roque, por atos de improbidade administrativa. A ação foi movida pelo Ministério Público do Paraná que quer a perda da função pública, inelegibilidade de cinco anos e ressarcimento do dano ao erário.

A decisão vem uma semana depois da sérei da TVCI que denunciou os supersalários e casos de nepotismo na Prefeitura e Câmara e ainda cabe recurso. O juiz aplicou uma multa aos vereadores de 12 vezes o valor do maior salário recebido pela parente de Marquinhos Roque.

Nepotismo
O condenado é por nepotismo. De acordo com denúncia do Ministério Público, Marquinhos nomeou vários parentes na Câmara Municipal. Depois de ser desco berto, ele assinou um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) com o Ministério Público para demitir os parentes, no entanto, Marquinhos deixou empregada Kassiana Sâmela Nascimento Roque.

As informações são do Agora Paraná

Clique AQUI para ler o restante do artigo

(Visited 18 times, 1 visits today)
Close