Escrito por 09:06 Brasil, Economia, Foz do Iguaçu, Política

Prefeitura poderá intervir e concluir as obras de viaduto em Foz do Iguaçu

Compartilhe

reni reuniao

A prefeitura poderá intervir e concluir as obras do viaduto sobre a BR-277 em Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná. A pauta foi discutida esta semana durante reunião do prefeito Reni Pereira e os organizadores da mobilização que aconteceu no último sábado (28 de fevereiro) cobrando o término da estrutura.

Participaram do encontro com Reni representantes do Codefoz, Acifi, Associação dos Engenheiros e empresários da cidade. O prefeito demonstrou preocupação referente aos transtornos causados pelo atraso na entrega da obra e, destacou a possibilidade do município intervir e assumir parte das obras da trincheira da BR 277, em termos de ajustes de conduta.

“Entendemos o desgaste que a população está tendo, diante dessa situação. Estamos aguardando até quinta-feira (4) um calendário ou um reinício das obras. Caso contrário, entraremos novamente em contato com o empreiteiro e juntamente com o Ministério Público, vamos buscar uma medida jurídica para que o município possa intervir e finalizar a obra”, disse Reni. “O valor gasto pelo município seria repassado ao empreiteiro que ao receber do estado devolveria esse valor ao município, através de um Tac do Ministério Público”, explicou o prefeito.

OBRAS
A obra que iniciou em abril de 2013 com uma previsão de 12 meses para entrega teve várias paralisações. Primeiro pelo Ministério do Trabalho que alegou falta de segurança para os trabalhadores, a empresa responsável pela execução precisou instalar tapumes em toda parte externa da construção, para proteger os operários e pessoas que trafegam nas proximidades e só assim os trabalhos puderam ser retomados.

Após a retomada dos trabalhos, o DER-PR anunciou que a data de conclusão da obra seria 31 de julho, prazo que também não foi cumprido devido às condições climáticas.

Além da demora da liberação de verbas para finalização da obra, o Governo do Estado alegou que a União não liberou o repasse, e por isso não deu andamento à retomada da obra no viaduto da BR 277.

Diante do impasse foi anunciada uma nova data pelo DER, e o prazo para finalização seria março de 2015.

Tendo em vista o transtorno que o atraso da obra está causando para a população, o Executivo iguaçuense decidiu intervir e buscar uma medida jurídica para que o município finalize a obra, caso o governo do estado não apresente uma solução até o final dessa semana.

Close