por 11:00 Sem categoria

Prefeitura não tem planejamento em habitação

Prefeitura não tem planejamento em habitação

No programa eleitoral desta quarta-feira (03) a candidata à Prefeitura Gleisi Hoffmann, da coligação Curitiba Para Todos (PT/PSC/PHS/PMN/PTC/PRB), criticou a falta de planejamento da atual administração na área de habitação. Segundo ela, Curitiba quase ficou sem o repasse de 11 milhões de reais do governo federal por falta de um plano na área, exigência técnica para o envio do dinheiro.

“Se habitação fosse prioridade, a Prefeitura já teria esse plano pronto. Existem ocupações irregulares há mais de 40 anos na cidade e nada foi feito. Para se ter idéia, no ano passado a administração gastou 25 milhões em propaganda e somente 16 milhões em habitação”, disse Gleisi.

Para garantir moradia para todas as famílias, a candidata vai criar o Escritório Municipal de Regularização Fundiária, que vai agilizar a regularização fundiária e assegurar a escritura dos terrenos para a população. Outras duas iniciativas da candidata na área, são as criações dos programas Casa Nova e Casa Solidária. O primeiro para facilitar o financiamento das moradias para os curitibanos e o segundo para permitir a construção de outra habitação para um parente em grandes terrenos que já são ocupados pela família.

“Investir em moradia não melhora somente a vida de quem precisa, melhora toda a cidade que fica mais bonita, organizada e segura”, finalizou a candidata.

Fechar