por 07:58 Cotidiano, Destaques, Oeste do Paraná

Prefeitura de STI lança programa de castração e microchipagem de animais domésticos

Para promover o controle populacional de cães e gatos e atender um pedido da população, a administração municipal de Santa Terezinha de Itaipu, por meio da secretaria de Agropecuária e Meio Ambiente lançou nesta quinta-feira, 13, um programa inédito para castração e microchipagem de animais domésticos.

Durante a reunião técnica, que contou com a presença da prefeita Karla Galende, do vice-prefeito Vanio Morona, do presidente da Câmara de Vereadores, Valdir Sauthier e da equipe responsável pelo projeto no município, foram destacados os principais objetivos do programa, dentre eles, promover o controle populacional de cães e gatos, a prevenção de zoonoses e estimular a posse responsável, bem como os procedimentos para a participação no programa.

De acordo com a médica veterinária, Mariany Piazza, inicialmente serão ofertadas 500 castrações.  “Será realizada a esterilização cirúrgica de 350 cães e 150 gatos. Os animais castrados também receberão o microchip, um dispositivo eletrônico implantando sob a pele do animal, contendo um código com todos os dados do cão ou gato e do seu tutor”, explicou.

Neste primeiro momento, poderão participar do programa as famílias inscritas no Cadastro Único, beneficiadas pelo Programa Bolsa Família. Além disso, 20% das castrações e microchipagem, serão destinadas às Associações de Proteção Animal de Santa Terezinha de Itaipu.

“Esse é um projeto bastante aguardado pela nossa população, é um compromisso que assumimos com todos os itaipuenses, com reflexos positivos em diversas áreas. Controle de doenças, conscientização da responsabilidade que temos sobre os cães e gatos, combate aos maus tratos de animais e redução dos animais em condição de abandono”, destacou a chefe do poder executivo, Karla Galende.

Passo a passo

O cadastramento é online e estará disponível a partir de amanhã, 14, no site da prefeitura, na aba protocolo digital. Os interessados deverão informar os dados pessoais e de identificação do animal e anexar os documentos exigidos no formulário online. Caso não seja possível realizar o cadastro pela internet, os interessados poderão fazer o cadastramento presencial diretamente na secretaria de Agropecuária e Meio Ambiente.

Após análise dos documentos e aprovação para a castração, serão iniciados os procedimentos clínicos no animal, bem como a investigação de Leishmaniose nos cães antes da cirurgia, através da parceria com o departamento de Vigilância em Saúde.

“Antes do procedimento cirúrgico, o animal passará por exames clínicos e laboratoriais para indicar se ele está apto ou não para o procedimento. Os animais que estiverem aptos serão encaminhados para castração e microchipagem. Em caso de inaptidão, a equipe do programa entrará em contato com o dono informando sobre o estado de saúde do animal, com as recomendações necessárias”, acrescentou o secretário de Agropecuária e Meio Ambiente, Paulo Ruppenthal.

Serviço

Requerimento castração de cães e gatos
Atendimento on-line: https://stitaipu.1doc.com.br/atendimento

Atendimento presencial: Segunda à sexta-feira – Das 8h às 17h30, na Secretaria de Agropecuária e Meio Ambiente – Rua Manoel Pena, 1510, Centro.

Assessoria

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com