Prefeitura de Curitiba vai arrecadar brinquedos para crianças em situação de risco social

A Prefeitura de Curitiba vai arrecadar brinquedos novos para doar a crianças em situação de risco atendidas pela Fundação de Ação Social (FAS), principalmente aquelas acolhidas por determinação da Justiça e que são matriculadas na rede municipal de ensino. As doações podem ser feitas até 10 de dezembro nas Ruas da Cidadania e nas lojas dos supermercados Condor. A expectativa é presentear aproximadamente 3.000 crianças de até 12 anos de idade.

Os brinquedos serão entregues em festas de Natal que serão realizadas nas dez regionais da cidade, em datas a serem definidas. Os eventos vão seguir os protocolos sanitários para evitar a contaminação pelo novo coronavírus.

Para a arrecadação, a Prefeitura pretende contar mais uma vez com a solidariedade dos empresários, comerciantes e da população curitibana. “Esperamos sensibilizar a todos para participar desta grande ação solidária. Depois de um período difícil, em função da covid-19, queremos transformar o Natal dessas crianças em um momento de felicidade e confraternização”, diz o presidente da FAS, Fabiano Vilaruel.

Onde doar

As doações podem ser feitas até 10 de dezembro, nas dez Ruas da Cidadania e nas lojas da rede de supermercados Condor.

Ruas da Cidadania
Bairro Novo – Rua Tijucas do Sul, 1700
Boa Vista – Avenida Paraná, 3.600
Carmo/Boqueirão – Avenida Marechal Floriano Peixoto, 8.430 (Praça Nossa Senhora do Carmo)
Cajuru – Avenida Prefeito Maurício Fruet, 2.150
CIC – Rua Manoel Waldomiro de Macedo, 2.470
Matriz – Praça Rui Barbosa, 101
Pinheirinho – Rua Winston Churchill, 2.033
Fazendinha/Portão – Rua Carlos Klemtz, 1.700
Santa Felicidade – Rua Santa Bertila Boscardin, 213
Tatuquara – Rua Olivardo Konoroski Bueno, s/n – esquina com a Rua Presidente João Goulart

Lojas Condor
Água Verde – Av. Água Verde, 860
Ahú – Av. Anita Garibaldi, 1729

Atuba – Av. Mal. Mascarenhas de Moraes, 312

Bigorrilho – Rua Martin Afonso, 2.800
Boa Vista – Rua Lodovico Geronazzo, 805
Boqueirão – Av. Marechal Floriano Peixoto, 7.486
Cajuru – Rua Natal, 1.155
Cidade Industrial – Rua João Dembinski, 1.410
Cidade Industrial – Rua João Bettega, 3.930
Cristo Rei – Rua Fioravante Dalla Stella, 66
Novo Mundo – Av. Brasília, 6.900
Novo Mundo – Rua Visconde do Serro Frio, 164
Pilarzinho – Rua Amauri Lange Silvério, 1.130
Pinheirinho – Av. Winston Churchill, 2.170
Santa Felicidade – Av. Manoel Ribas, 8.243
Santa Felicidade – Av. Ver. Toaldo Túlio, 3.650
Santa Quitéria – Rua João Alencar Guimarães, 2.126
São Francisco – Rua Nilo Peçanha, 1.000
Seminário – Rua Izaac Ferreira da Cruz, 3.868
Sítio Cercado – Rua Izaac Ferreira da Cruz, 3.868
Uberaba – Av. Comendador Franco, 6.005
Vila Guaíra – Av. Presidente Wenceslau Braz, 790
Xaxim – Rua Francisco Derosso, 3.300

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

João Doria vence prévias e será candidato do PSDB à presidência

O governador de São Paulo João Doria vai representar o PSDB nas eleições do ano que vem. O partido realizou concluiu neste sábado (27) após ser adiada em razão de problemas no aplicativo de votação dos filiados — o aplicativo foi substituído para a votação deste hoje. Dória concorreu com o ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio Neto e com o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite.

Dos 44,7 mil filiados habilitados para votar, cerca de 30 mil votaram, somadas as votações de domingo passado e deste sábado.

 

Pesquisa mostra brasileiros mais preocupados com pobreza e pandemia

Pobreza extrema no mundo, poluição da água e pandemia de covid-19 foram os principais problemas globais apontados pelos brasileiros em pesquisa feita em 31 países. Segundo o levantamento, realizado nos meses de junho e julho de 2021, escassez de água potável, esgotamento de recursos naturais e falta de acesso a cuidados de saúde também são temas que preocupam a maioria dos brasileiros.

Os resultados da Pesquisa Saudável e Sustentável 2021: Um Estudo Global de Percepções do Consumidor – que ouviu 31 mil pessoas adultas no mundo, mil delas do Brasil – mostram que os brasileiros, de modo geral, percebem maior seriedade nos problemas globais, com 15 a 30 pontos percentuais acima da média mundial.

Pobreza extrema no mundo foi considerado um problema “muito sério” por 87% dos brasileiros; poluição da água (85%); pandemia de covid-19 (84%); escassez de água potável (82%);  esgotamento dos recursos naturais (81%); e falta de acesso a cuidados de saúde (79%). Na média dos 31 países, os resultados foram consideravelmente mais baixos: 60%, 63%, 66%, 55%, 63%, e  52%, respectivamente.

“Essa tendência [de os brasileiros perceberem mais gravidade nos problemas] é semelhante às pesquisas dos anos anteriores e fruto, possivelmente, de uma vivência mais direta de alguns dos problemas, como pobreza, poluição das águas e desmatamento”, destaca o texto do estudo.

A Pesquisa Vida Saudável e Sustentável 2021 foi desenvolvida pelo Instituto Akatu e a GlobeScan, e teve o patrocínio das empresas Ambev, Globo, Mcdonald’s, Mercado Livre, Natura, Nespresso, Nestlé, Tetra Pak, Unilever e Vedacit. O estudo completo pode ser lido aqui.

 

Most Popular Topics

Editor Picks